QUEM SOMOS | CONTATO | EXPEDIENTE

FAMÍLIA: Número de mulheres que não querem ter filhos cresce no Brasil, segundo o IBGE 04/10/2013
 

Versão para Impressão        Áudio --- Kbytes

Tempo do áudio - 2min38seg

LOC/REPÓRTER: Nas últimas cinco décadas, a média de filhos por mulher no Brasil caiu de seis para dois, segundo dados do IBGE. Uma grande parte desse universo decidiu, literalmente, ficar para titia De acordo com o levantamento do IBGE, 14 por cento das mulheres brasileiras não têm planos de engravidar. Carreira profissional, o alto custo para manter um filho e a falta de tempo são alguns dos motivos que levaram essas mulheres a não terem herdeiros. A funcionária de um Pet Shop na capital paulistana, Selma Morita, de 42 anos é uma delas. Para ela, a maternidade não é uma de suas prioridades.

TEC/SONORA: paulista - Selma Morita

"Porque eu não gosto de crianças, esse é o primeiro motivo, não tenho paciência com criança, e também fica muito caro para criar um filho. Eu acho que é uma opção né? Tem gente que acha que é um dever e não é. Eu acho que é uma opção como as outras."

LOC/REPÓRTER: Para a psicóloga da Universidade de São Paulo, Olga Tessari, decisões como a de Selma, estão se tornando cada vez mais comum. Segundo ela, as mulheres de hoje em dia, estão deixando de lado a maternidade e se dedicando primeiramente à profissão.

TEC/SONORA: psicóloga – Olga Tessari

"As mulheres hoje em dia estão muito voltadas para a sua carreira, para a sua vida profissional. Ter um filho muitas vezes faz com que elas abandonem essa carreira, ou deixem essa carreira em segundo plano, ou mesmo atrapalhe a sua carreira. A mulher não consegue administrar as coisas muito bem. Ou ela é uma boa mãe, dona de casa e esposa, ou ela trabalha, não dá para ela administrar tudo isso. Então o que a mulher hoje em dia faz? Ela prefere postergar a possibilidade de ter um filho."

LOC/REPÓRTER: E o famoso instinto maternal? Segundo a especialista, ele está presente em todas as mulheres e elas podem usar ele sem necessariamente ter um filho.

TEC/SONORA: psicóloga – Olga Tessari

"As mulheres todas têm instinto materno, independente de serem mães ou não, isso faz parte da natureza feminina. Então você pode, muito bem, usar o seu instinto materno sem necessariamente gerar um filho, você pode usar o seu instinto materno com o seu sobrinho, com crianças próximas de você. Mas aquela mulher que decide realmente não ter filhos ela pode satisfazer esse instinto de outras maneiras com outras crianças, sem problema nenhum."

LOC/REPÓRTER: Dados do último Censo, divulgado pelo IBGE, apontaram que o ciclo reprodutivo das brasileiras acaba aos 50 anos e, na última década, o número de mulheres que passam dessa idade sem filhos cresceu 20 por cento em relação a 2010. Entre as mulheres que têm no currículo um diploma de ensino superior, pouco mais de um quinto optou por não experimentar a maternidade.

Reportagem, Victor Maciel


Copyright (c) 2007 Agência do Rádio Brasileiro

Conteúdo 100% Gratuito!


PESQUISA


Data  



  todas as notícias