Menu

3,5 milhões de preservativos estão disponíveis para foliões durante o carnaval no Maranhão

Desde 1985, foram registrados 19.198 casos da doença no estado

Banners
Foto: Dilvulgação/ Ministério da Saúde

A prevenção é a melhor forma de combater as infecções sexualmente transmissíveis, as IST, como a aids, por exemplo. No Maranhão, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, desde 1985 até outubro do ano passado, foram registrados 19.198 casos da doença. 

Para evitar que esse número aumente e mais pessoas sejam infectadas com o vírus da aids, o governo estadual vai oferecer três milhões e quinhentos mil preservativos durante o carnaval. Esse é o método mais eficaz para prevenir que doenças sejam transmitidas por meio de relações sexuais. A chefe do Departamento de Atenção às IST da Secretaria de Saúde do Maranhão, Jocélia Frazão, alerta sobre a necessidade de se proteger durante o feriado do carnaval. 

“O estado do Maranhão, através da Secretaria de Estado de Saúde, vem trabalhando em prol dessa prevenção. Sempre disponibilizando camisinha em todas as Unidades Básicas de Saúde dos 217 municípios. Folião, faça a sua prevenção. E vamos de festa”, disse.

A técnica de enfermagem Fabiana de Carvalho, de 39 anos, descobriu que estava com HIV em 1999, quando foi doar sangue. Nos primeiros dez anos, ela conta que teve muita dificuldade com o remédio. 

“Ele [remédio] me fez ter muita deformidade no corpo. Eu tenho lipodistrofia, que é acúmulo de gordura. Eu tenho a giba muito grande, meu abdômen é bem estendido, eu perdi muita massa nos meus membros inferiores. Tudo por esse período bem longo [de medicação]”, relatou.

A aids ainda não tem cura, mas o tratamento da doença evoluiu bastante nos últimos anos. A prevenção, no entanto, continua sendo a forma mais simples de se proteger do HIV. Então, não se descuide! A dica é simples para os foliões: pare, pense e use camisinha. Em caso de dúvida, procure uma Unidade Básica de Saúde! Conheça todas as formas de prevenção em aids.gov.br. Ministério da Saúde. Governo Federal. Pátria Amada Brasil.
 


Comente...

Cadastre-se

LOC: A prevenção é a melhor forma de combater as infecções sexualmente transmissíveis, as IST, como a aids, por exemplo. No Maranhão, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, desde 1985 até outubro do ano passado, foram registrados 19.198 casos da doença. 

Para evitar que esse número aumente e mais pessoas sejam infectadas com o vírus da aids, o governo estadual vai oferecer três milhões e quinhentos mil preservativos durante o carnaval. Esse é o método mais eficaz para prevenir que doenças sejam transmitidas por meio de relações sexuais. A chefe do Departamento de Atenção às IST da Secretaria de Saúde do Maranhão, Jocélia Frazão, alerta sobre a necessidade de se proteger durante o feriado do carnaval. 
 

TEC./SONORA: Jocélia Frazão, chefe do Departamento Estadual de Atenção às IST.

“O estado do Maranhão, através da Secretaria de Estado de Saúde, vem trabalhando em prol dessa prevenção. Sempre disponibilizando camisinha em todas as Unidades Básicas de Saúde dos 217 municípios. Folião, faça a sua prevenção. E vamos de festa”. 
 

LOC: A técnica de enfermagem Fabiana de Carvalho, de 39 anos, descobriu que estava com HIV em 1999, quando foi doar sangue. Nos primeiros dez anos, ela conta que teve muita dificuldade com o remédio. 

TEC./SONORA: Fabiana de Carvalho, 39 anos, técnica de enfermagem.  

“Ele [remédio] me fez ter muita deformidade no corpo. Eu tenho lipodistrofia, que é acúmulo de gordura. Eu tenho a giba muito grande, meu abdômen é bem estendido, eu perdi muita massa nos meus membros inferiores. Tudo por esse período bem longo [de medicação]”.
 

LOC: A aids ainda não tem cura, mas o tratamento da doença evoluiu bastante nos últimos anos. A prevenção, no entanto, continua sendo a forma mais simples de se proteger do HIV. Então, não se descuide! A dica é simples para os foliões: pare, pense e use camisinha. Qualquer dúvida, procure uma Unidade Básica de Saúde! Conheça todas as formas de prevenção em aids.gov.br. Ministério da Saúde. Governo Federal. Pátria Amada Brasil.