Menu

PODCAST: Pausa para Saúde trata sobre colesterol

Colesterol: heroi ou vilão? No programa de hoje, o endocrinologista Delmir Rodrigues traz curiosidades a respeito do colesterol. Acompanhe!

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Fonte: Ministério da Saúde

Você sabia que o corpo humano precisa de gordura para funcionar? Pois é, o colesterol desempenha funções importantes no organismo. Por exemplo, ele ajuda na proteção de nossas células. Ele é produzido dentro do nosso corpo, mas também ingerimos colesterol por meio dos alimentos. É por isso que precisamos ter cuidado com a nossa dieta para manter os níveis dessa gordura sob controle. No programa de hoje, o endocrinologista Delmir Rodrigues conta mais curiosidades a respeito do colesterol. Acompanhe!

Aline do Valle



Cadastre-se

 “Eu não sei. É uma pergunta que eu nem sei te dizer! Mas que faz mal, faz. Com certeza é a alimentação. // Colesterol? Diabete. Colesterol é no meu ponto de vista, é uma coisa negativa pra nossa saúde. Alimentação...//. Porque são comidas que não são adequadas para o nosso organismo. Gordura mesmo é um dos fatores principais. Aí o colesterol aumenta, né? // [E o colesterol é perigoso?] Acho que sim. E muito! ”.

 “Perfeito! O colesterol ele é uma substância importante para o nosso organismo, no sentido de que ele é produzido pelo próprio organismo, em 75% dos casos, 25% na do colesterol venda dieta. Então, por isso que eu tenho que controlar a dieta. E por que ele é tão importante para o nosso organismo? Ele tem, além da questão da formação da membrana das células, ele ajuda na formação dos principais hormônios, que são os esteroides sexuais. Ele faz parte da absorção das principais vitaminas que a gente tem na dieta, que são tidas como vitaminas lipossolúveis, que são as Vitaminas A, vitamina D, vitamina E, e a vitamina K. E ele é responsável pela parte do metabolismo, tanto que algumas pessoas que tenham deficiência da produção desse composto, eles acabam tendo transtornos hormonais e acabam tendo uma desnutrição”.

 “Colesterol eu acho que é hábito alimentar. As pessoas se alimentam muito mal nos dias de hoje. Precisa praticar algum esporte, precisa comer mais legumes, mais frutas. Precisa ter uma vida mais atrativa de exercício. Porque se você come essas coisas e não pratica nenhum exercício, vai acumulando aquilo que você come gerando doença com seu corpo. Eu acho que alimentação tem a ver tudo sobre as enfermidades assim: colesterol, diabete, essas coisas”.

 “Algumas pessoas que tem irregularidades alimentares e alguns níveis de desnutrição pode ter um transtorno hormonal quando o colesterol está muito baixo. Principalmente aquelas pessoas que têm algum transtorno psiquiátrico, que faz uma restrição muito intensa da dieta. Que são as meninas principalmente com bulimia ou com anorexia nervosa, elas acabam tendo um transtorno hormonal intenso e que tem que ser visto e reavaliado. Porque o colesterol não é completamente maléfico, ele faz parte inclusive da formação da pele – e o quesito é a evaporação. Então a gente não deve ser tão radical. A gente deve ingerir um pouco de gordura e de preferência uma gordura benéfica: carne de peixe, carne branca e até mesmo a carne vermelha, mas de preferência grelhada, nada frito. Porque é necessário um pouco de gordura no nosso organismo para metabolizar principalmente os hormônios. Então assim: ter uma dieta completamente restritiva, sem gordura, também não é saudável”.

 “Então, na cascata de formação dos hormônios no nosso organismo, o precursor de todos eles é o colesterol. Tanto dos hormônios gonadais ou seja, formados pelas gônadas – que no homem é o testículo e na mulher os ovários – ele produz a testosterona e o produz o estrogênio. Mas existe uma glândula que fica em cima do rim chamada de suprarenal. Ela tem o controle do fator estresse – ela produz o cortisol; ela tem o controle da nossa pressão arterial que controla os mineroloscortidoide; e tem o controle da pelificação [produção de pelos] do corpo humano, da acne...que seriam os andrógenos adrenais. Então todos esses hormônios são derivados do colesterol. O precursor de todos eles é o colesterol”.

 “Eu acho que é bom. Mas tudo em excesso faz mal. Então pra mim não é ruim se você souber equilibrar tudo, pra mim tá certo. // Eu sei que existe dois tipos de colesterol que é o bom – que eu não lembro o nome agora – mas é o bom e o ruim. E.…Assim, é manter o controle, porque isso afeta o coração...afeta o corpo humano”.

 “O LDL, que é o colesterol ruim, ele tem que estar controlado e em níveis mais baixos. Porque se estiver em níveis mais baixos. Esse LDL em excesso vai trazer doenças do coração, doenças do cérebro, entre outras. Ainda mais quando associado a alcoolismo e tabagismo. Já o HDL, que é o colesterol bom, tem a capacidade de filtrar no nosso organismo a quantidade de colesterol ruim que é o LDL. Então esse HDL tem que estar em níveis elevados”.

 “Algumas pessoas de forma hereditária, ou seja genética, podem ter patologias, as vezes síndromes associadas ao excesso do colesterol – no caso, especificamente o ruim. Ou a um baixo bom colesterol – que seria o HDL baixo (ele não consegue ser sintetizado). Normalmente a pessoa que não tem um biotipo de um obeso, que um excesso de gordura, ela acaba tendo na pele um depósito de gordura um pouco diferenciado. E as vezes eu posso ter depósito de gordura na córnea no caso do olho que a gente consegue visualizar olhando para a pessoa no exame físico.  Então há essa situação também que as vezes a pessoa controla a dieta, ela não tem excesso de peso, mas vai dosar no sangue – o colesterol está elevado”.