Menu

Abate de bovinos sobe 4,1% e chega a oito milhões de cabeças no segundo trimestre, aponta IBGE

Os dados são parciais, já que resultados definitivos e por estado da Estatística da Produção Pecuária serão divulgados em 12 de setembro

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: ONU

Dados divulgados nesta quarta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, mostram que o abate de bovinos no segundo trimestre do ano ultrapassou 8 milhões de cabeças, o que representa um crescimento de 4,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O levantamento apontou também um aumento no abate de suínos e na produção de ovos de galinha. No total, foram abatidos mais de 11 milhões de porcos, enquanto a produção de ovos de galinha passou de 930 milhões de dúzias. Agora, no que se refere ao frango, que é um dos principais produtos de exportação, foram abatidas 1,43 bilhão de cabeças.

Vale ressaltar que estes dados são apenas uma prévia, uma vez que os resultados definitivos e por estado da Estatística da Produção Pecuária serão divulgados em 12 de setembro.

 

Cintia Moreira

Em uma de suas experiências profissionais ganhou um prêmio jornalístico e jura que não tem pautas de preferência. Sua única preferência é que tenham pautas.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

Dados divulgados nesta quarta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, mostram que o abate de bovinos no segundo trimestre do ano ultrapassou 8 milhões de cabeças, o que representa um crescimento de 4,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O levantamento apontou também um aumento no abate de suínos e na produção de ovos de galinha. No total, foram abatidos mais de 11 milhões de porcos, enquanto a produção de ovos de galinha passou de 930 milhões de dúzias. Agora, no que se refere ao frango, que é um dos principais produtos de exportação, foram abatidas 1,43 bilhão de cabeças.

Vale ressaltar que estes dados são apenas uma prévia, uma vez que os resultados definitivos e por estado da Estatística da Produção Pecuária serão divulgados em 12 de setembro.

Reportagem, Cintia Moreira