Menu

AGENTES DE SAÚDE: Ministério anuncia reajuste de piso salarial

Piso salarial de Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias passa a ser de R$1.250,00.

  • Repórter Aline do Valle
  • Data de publicação: 20 de Fevereiro de 2019, 17:51h
Banners

AGENTES DE SAÚDE: Saúde anuncia reajuste de piso salarial 

A partir do mês de fevereiro deste ano o piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias foi reajustado e passa a ser de R$1.250,00. Nesta quarta-feira o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta destacou que o reajuste é apenas uma forma de valorizar o trabalho dos agentes que exercem um trabalho fundamental para a saúde pública brasileira. 

Junto a representantes da CONACS – Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, Mandetta reforçou que a atuação destes profissionais é fundamental para alcançar melhores resultados na atenção básica, como o reforço no combate a epidemias por exemplo. O ministro ainda destacou que irá investir na capacitação de cada profissional. 

“Paralelo ao piso nós temos os afazeres, nós temos a capacitação, nós temos o curso técnico, nós temos uma série de políticas. O sus tá precisando muito neste momento de reforçar a atenção básica. Nós estamos com epidemia de dengue em muitas cidades, epidemia de zika. Temos a entrada do sarampo, baixa vacinação. É preciso todo mundo dar as mãos”.

A vice-presidente da CONACS, Marivalda Araújo, acredita que o reajuste será um incentivo para que os agentes desempenhem as funções de forma ainda mais efetiva. 

 “Com certeza nós vamos fazer parceria para que dentro das nossas atividades, com nossa qualificação, nosso reconhecimento, e também com este ajuste salarial, nós vamos ter sim uma condição muito melhor de atender a dona maria, que só o agente de saúde e de endemia vai visitar”.

Os recursos são transferidos pelo ministério da saúde para os estados e municípios. 

Reportagem Aline do Valle, com informações de Erika Braz. 
 


Comente...

Cadastre-se

A partir do mês de fevereiro deste ano o piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemias foi reajustado e passa a ser de R$1.250,00. Nesta quarta-feira o ministro da saúde Luiz Henrique Mandetta destacou que o reajuste é apenas uma forma de valorizar o trabalho dos agentes que exercem um trabalho fundamental para a saúde pública brasileira. 

Junto a representantes da CONACS – Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, Mandetta reforçou que a atuação destes profissionais é fundamental para alcançar melhores resultados na atenção básica, como o reforço no combate a epidemias por exemplo. O ministro ainda destacou que irá investir na capacitação de cada profissional. 
 

“Paralelo ao piso nós temos os afazeres, nós temos a capacitação, nós temos o curso técnico, nós temos uma série de políticas. O sus tá precisando muito neste momento de reforçar a atenção básica. Nós estamos com epidemia de dengue em muitas cidades, epidemia de zika. Temos a entrada do sarampo, baixa vacinação. É preciso todo mundo dar as mãos”.

A vice-presidente da CONACS, Marivalda Araújo, acredita que o reajuste será um incentivo para que os agentes desempenhem as funções de forma ainda mais efetiva. 


 “Com certeza nós vamos fazer parceria para que dentro das nossas atividades, com nossa qualificação, nosso reconhecimento, e também com este ajuste salarial, nós vamos ter sim uma condição muito melhor de atender a dona maria, que só o agente de saúde e de endemia vai visitar”.
 

Os recursos são transferidos pelo ministério da saúde para os estados e municípios. 

Reportagem Aline do Valle, com informações de Erika Braz.