Menu

Alunos de Santa Cruz do Sul (RS) vão disputar nacional de robótica neste fim de semana

Equipes 007 Legow e Aventura LEGO, da Escola SESI, vão em busca de vagas para o mundial de robótica que será disputado nos Estados Unidos; etapa nacional é no Rio de Janeiro

Banners
Equipe 007 Legow - Arquivo Pessoal

O estado do Rio Grande do Sul será representado por 89 estudantes, dos ensinos fundamental e médio, na etapa nacional do Torneio SESI de Robótica FIRST® LEGO® League. O torneio será realizado neste fim de semana – de sexta-feira (15) a domingo (17) – no Rio de Janeiro.

A competição é uma parceria entre o SESI e a fabricante de brinquedos LEGO, e vale vagas para a etapa mundial do First LEGO League. Este é um programa internacional que incentiva estudantes, de nove a 16 anos, de vários países, a criarem soluções criativas por meio da robótica.

Entre as equipes gaúchas classificadas para o torneio estão a “007 Legow” e a “Aventura LEGO”, da escola SESI de Santa Cruz do Sul (RS). Os alunos criaram robôs, com peças de LEGO, capazes de simular tarefas que podem facilitar a vida dos astronautas em missões no espaço. O desafio desta edição do torneio é justamente o desenvolvimento de alternativas para o bem-estar dos cosmonautas e em pesquisas especiais.

Os robôs simulam, entre outras habilidades, trabalhos de alinhamentos de satélites e realocação de placas solares, de forma autônoma.

“[Ao] montar o robô, além da parte estrutural – necessária para vencer as missões –, também tivemos a parte da diversão. Os nove participavam juntos dando opiniões, [fazendo] os ajustes necessários”, conta a monitora de Projetos Educacionais da escola SESI de Santa Cruz do Sul, Michele Cristiane.

A equipe “007 Legow” é formada por nove estudantes, da quinta série ao sétimo ano do ensino fundamental. Já a “Aventura LEGO” conta com 10 estudantes, da sexta série ao nono ano do ensino fundamental.

As equipes conseguiram classificação para a etapa nacional, no torneio regional realizado em Bento Gonçalves (RS), no final do ano passado.  

A “007 Legow” levou o terceiro lugar geral no torneio, que contempla os melhores resultados, em todas as categorias: desafio do robô e projeto de pesquisa.

A “Aventura LEGO” conquistou o segundo lugar geral na competição regional.

“A ‘Into Orbit’ foi um desafio grande para equipe desde o projeto. E é, também, uma equipe nova, de crianças de nove a 13 anos. A gente teve que buscar muitas informações, muitas pesquisas, conversar com vários engenheiros. A equipe é muito marcada pela sua animação”, diz a monitora de Projetos Educacionais da escola SESI de Santa Cruz do Sul, Renata Oliveira.  

Equipe Aventura LEGO - Arquivo Pessoal

Torneio de Robótica

O Torneio SESI de Robótica FIRST® LEGO® League é um programa internacional de exploração científica que promove o ensino de ciência, tecnologia, engenharia, artes e matemática no ambiente escolar e contribui para o desenvolvimento de competências e habilidades comportamentais para a vida. A cada ano, o torneio estimula o trabalho colaborativo, a criatividade e traz desafios do mundo real para os alunos, em todo o mundo.

No início de 2018, a empresa LEGO, em parceria com o SESI, desafiou estudantes das escolas brasileiras com o tema “Into Orbit”, para o desenvolvimento de ideias voltadas para as pesquisas espaciais.

Entre outubro e dezembro do ano passado, foram realizadas etapas regionais para selecionar as melhores propostas e trabalhos. Os alunos escolhidos vão participar da etapa nacional entre 15 e 17 de março. Os melhores colocados podem garantir uma vaga no torneio mundial em Houston, nos Estados Unidos. 

No Rio Grande do Sul, quatro equipes de escolas particulares, uma da rede pública de educação e seis da Rede SESI de Educação, foram classificadas para a etapa nacional do torneio.  

“Nós temos conseguido uma grande participação, com escolas públicas, com escolas particulares, além de equipes de garagem, o que faz com que a gente tenha trazido para esse movimento o entendimento de que a tecnologia é a nossa maior ferramenta, para que a gente possa enfrentar os desafios do século XXI”, ressalta a Gerente de Educação do SESI-RS, Sônia Bier.

Desde 2013, o SESI é o operador oficial do Torneio SESI de Robótica First Lego League, no Brasil. Nesse período, foram quase 17 mil competidores de mais de 1,7 mil escolas públicas e particulares.

Atualmente, todas as escolas do SESI de ensino fundamental e médio, de todo o Brasil, contam com o programa no currículo, independentemente da participação no torneio.

Saiba Mais

Arte - ARB Mais

Arte - ARB Mais
 

 


Comente...

Cadastre-se

LOC.: As equipes de robótica “007 Legow” e “Aventura LEGO”, da escola SESI de Santa Cruz do Sul, vão representar o Rio Grande do Sul na etapa nacional do Torneio SESI de Robótica, neste fim de semana, no Rio de Janeiro.

Os alunos criaram robôs, com peças de LEGO, capazes de simular tarefas que podem facilitar a vida dos astronautas em missões no espaço. É que o desafio desta edição do torneio é o desenvolvimento de alternativas para o bem-estar dos cosmonautas e em pesquisas especiais.

Os robôs dos estudantes da escola SESI de Santa Cruz do Sul podem, entre outras habilidades, trabalhar em alinhamentos de satélites e na realocação de placas solares, de forma autônoma.

A monitora de Projetos Educacionais e uma das instrutoras da equipe “007 Legow”, Michele Cristiane, conta que os alunos, das duas equipes, superaram as dificuldades na produção do robô com muito empenho, dedicação e, claro, diversão.

TEC./SONORA: Monitora de Projetos Educacionais, da escola SESI, de Santa Cruz do Sul, Michele Cristiane

“Montar o robô, além da parte estrutural – necessária para vencer as missões –, também tivemos a parte da diversão. Os nove participavam juntos dando opiniões, seus ajustes necessários.”

LOC.: A equipe “007 Legow” é formada por nove estudantes, da quinta série ao sétimo ano do ensino fundamental. Já a “Aventura LEGO” conta com 10 estudantes, da sexta série ao nono ano do ensino fundamental.

As equipes conseguiram classificação para a etapa nacional, no torneio regional realizado em Bento Gonçalves (RS), no fim do ano passado.  

A “007 Legow” levou o terceiro lugar geral no torneio, que contempla os melhores resultados, em todas as categorias: desafio do robô e projeto de pesquisa. A “Aventura LEGO” conquistou o segundo lugar geral na competição regional.

A gerente de Educação do SESI, no Rio Grande do Sul, Sônia Bier, ressalta que o torneio está, cada vez mais, estimulando escolas e estudantes do estado para o aprendizado das tecnologias.

TEC./SONORA: Sônia Bier, Gerente de Educação do SESI-RS

“Nós temos conseguido uma grande participação, com escolas públicas, com escolas particulares, além de equipes de garagem, o que faz com que a gente tenha trazido para esse movimento o entendimento que a tecnologia é a nossa maior ferramenta, para que a gente possa enfrentar os desafios do século XXI.”

LOC.: No Rio Grande do Sul, quatro equipes de escolas particulares, uma da rede pública e seis da Rede SESI de Educação, foram classificadas para etapa nacional do torneio.  

Desde 2013, o SESI é o operador oficial do Torneio SESI de Robótica, First LEGO League, no Brasil. Nesse período, quase 17 mil competidores de mais de 1,7 mil escolas públicas e particulares participaram do torneio.

Reportagem, Cristiano Carlos