Menu

Após ser hostilizado em evento da UNE, Ciro Gomes (PDT) repete frase do irmão, “Lula tá preso, babaca”

O discurso desta quinta ocorreu um dia após Lula ser condenado pela segunda vez na Operação Lava Jato

Banners

Derrotado no primeiro turno das eleições presidenciais de 2018, Ciro Gomes (PDT) foi hostilizado por apoiadores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante evento da União Nacional dos Estudantes (UNE), nesta quinta-feira (7), em Salvador, na Bahia.

Durante o discurso para os estudantes, o pedetista criticou alguns jovens por defenderem políticos envolvidos com corrupção. Após ser vaiado e chamado de corrupto, ele rebateu os manifestantes afirmando estar solto, não ser corrupto e nunca ter respondido a nenhum malfeito. Na sequência repetiu a frase que ficou famosa ao ser proferida por seu irmão, o senador Cid Gomes (PDT). “Lula tá preso, babaca!”.

“O Lula tá preso, babaca. Lula tá preso, babaca! O Lula tá preso, babaca! Vamos voltar aqui...”

Ciro Gomes também afirmou que a prisão do ex-presidente Lula deve ser encarada como um fato. Segundo ele, ter um líder popular preso deve ser entendido e compreendido, porque senão, os cidadãos vão começar a “delirar”.

O discurso desta quinta, ocorreu um dia após Lula ser condenado pela segunda vez na Operação Lava Jato. O ex-presidente foi sentenciado a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do sítio de Atibaia (SP).

Reportagem, Juliana Gonçalves

Comente...

Cadastre-se