Menu

BINGO - O Rei das Manhãs é escolhido para representar o Brasil no Oscar 2018

O longa é a estreia de Daniel Rezende na direção, depois de ter assinado a montagem de filmes como "Tropa de Elite" e "Cidade de Deus"

 

Banners

O longa nacional que foi escolhido para concorrer ao prêmio de melhor filme em língua estrangeira no Oscar do ano que vem foi "BINGO - O Rei das Manhãs", de Daniel Rezende. No total, mais de 200 pessoas ajudaram a tomar esta decisão.

O drama fala sobre a vida de Arlindo Barreto, um dos intérpretes do palhaço Bozo, na década de 80. Por questões de direitos, Bozo virou Bingo, Arlindo virou Augusto e a Globo virou Mundial. Somente a Gretchen continuou sendo a Gretchen.

Bingo conseguiu desbancar filmes como "O Filme da Minha Vida", de Selton Mello, "Como Nossos Pais", de Laís Bodanzki, e "Corpo Elétrico", de Marcelo Caetano.

O longa "BINGO - O Rei das Manhãs" é a estreia de Daniel Rezende na direção, depois de ter assinado a montagem de filmes como "Tropa de Elite" e "Cidade de Deus".

Reportagem, Cintia Moreira.

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se