Menu

BOLETIM AGRO: Safra do meio ano deve ter boas condições de clima no Centro-Sul

Apesar de estarem em um fluxo abaixo do esperado, as vendas de café brasileiro já atingiram marcas importantes

  • Repórter Raphael Costa
  • Data de publicação: 14 de Março de 2019, 18:50h
Banners
Créditos: Wenderson Araujo - CNA

Olá, meu nome é Raphael Costa e este é mais Boletim Agro, um resumo das principais notícias do agronegócio.

Informações divulgadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia indicam boas condições no clima para o desenvolvimento da segunda safra na região Centro-Sul do País. O clima tem sido um dos principais vilões dos produtores nesse início de 2019. Quem vai nos explicar sobre essas condições que estão por vir, além de falar sobre outras questões, é a jornalista do Notícias Agrícolas, Carla Mendes. Seja muito bem-vinda, Carla.

“Essa segunda safra no Brasil, chamada de safrinha, principalmente de milho, terá boas chuvas, bem distribuídas, com volumes consideráveis, e acontecendo de maneira regular. Isso ajuda no desenvolvimento das lavouras, temos o plantio das lavouras de milho praticamente concluído com boas condições de chuva. Esse menor volume previsto para o Centro-Oeste não deve afetar a produção de maneira muito severa, pois essas chuvas vão chegar de maneira muito mais regular, mais do que a maneira com que elas se apresentaram nessa safra de verão, onde foram extremamente irregulares. A regularidade e frequência dessas chuvas vão favorecer o desenvolvimento dessa safra no Centro Sul do Brasil.”

Apesar de estarem em um fluxo abaixo do esperado, as vendas de café brasileiro já atingiram marcas importantes. O quanto já foi vendido, Carla?

“Segundo informações da consultoria Safras & Mercado, os produtores brasileiros venderam cerca de 50,78 milhões de sacas de 60 quilos de café da safra 2018/2019, que foi uma safra recorde. Essa foi a maior safra de café da história. Então ,vemos a comercialização avançando de forma significativa Vemos esse volume com uma safra que deve totalizar 63,7 milhões de sacas, então vemos uma evolução considerável dessa comercialização. No entanto, em relação à safra anterior, nós já tínhamos 85% da safra vendida, um volume um pouco maior.”

Perfeito, Carla. Obrigado pelas informações, até a próxima.

“Eu que agradeço, até a próxima. Aos ouvintes que quiserem saber mais, acessem noticiasagricolas.com.br ”

Esse foi mais um Boletim Agro, muito obrigado a todos.


Comente...

Cadastre-se

Apesar de estarem em um fluxo abaixo do esperado, as vendas de café brasileiro já atingiram marcas importantes

Olá, meu nome é Raphael Costa e este é mais Boletim Agro, um resumo das principais notícias do agronegócio.
Informações divulgadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia indicam boas condições no clima para o desenvolvimento da segunda safra na região Centro-Sul do País. O clima tem sido um dos principais vilões dos produtores nesse início de 2019. Quem vai nos explicar sobre essas condições que estão por vir, além de falar sobre outras questões, é a jornalista do Notícias Agrícolas, Carla Mendes. Seja muito bem-vinda, Carla.
 

“Essa segunda safra no Brasil, chamada de safrinha, principalmente de milho, terá boas chuvas, bem distribuídas, com volumes consideráveis, e acontecendo de maneira regular. Isso ajuda no desenvolvimento das lavouras, temos o plantio das lavouras de milho praticamente concluído com boas condições de chuva. Esse menor volume previsto para o Centro-Oeste não deve afetar a produção de maneira muito severa, pois essas chuvas vão chegar de maneira muito mais regular, mais do que a maneira com que elas se apresentaram nessa safra de verão, onde foram extremamente irregulares. A regularidade e frequência dessas chuvas vão favorecer o desenvolvimento dessa safra no Centro Sul do Brasil.”

Apesar de estarem em um fluxo abaixo do esperado, as vendas de café brasileiro já atingiram marcas importantes. O quanto já foi vendido, Carla?

“Segundo informações da consultoria Safras & Mercado, os produtores brasileiros venderam cerca de 50,78 milhões de sacas de 60 quilos de café da safra 2018/2019, que foi uma safra recorde. Essa foi a maior safra de café da história. Então ,vemos a comercialização avançando de forma significativa Vemos esse volume com uma safra que deve totalizar 63,7 milhões de sacas, então vemos uma evolução considerável dessa comercialização. No entanto, em relação à safra anterior, nós já tínhamos 85% da safra vendida, um volume um pouco maior.”

Perfeito, Carla. Obrigado pelas informações, até a próxima.

“Eu que agradeço, até a próxima. Aos ouvintes que quiserem saber mais, acessem noticiasagricolas.com.br ”

Esse foi mais um Boletim Agro, muito obrigado a todos.