Menu

Bolsonaro recebe alta e deve reassumir presidência nesta terça (17)

Presidente passou por uma cirurgia no dia 8 de setembro

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Reprodução Facebook

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta nesta segunda-feira (16). O chefe do Executivo brasileiro passou por uma cirurgia no dia 8 de setembro, para corrigir a hérnia, de acordo com o boletim médico. Apesar da alta, o Bolsonaro deve seguir a recuperação em casa. Ele estava no hospital Vila Nova Star na cidade de São Paulo.

Aos 64 anos, o presidente ficou internado durante sete dias e, no sábado (14), aceitou bem a dieta cremosa. Com essa medida, a alimentação aplicada na veia deve diminuir.
Jair Bolsonaro vem, segundo o boletim médico, apresentando melhora nas funções intestinais, mas só deve voltar às funções como presidente assim que a dieta a base de alimentos retomar.

Neste domingo (15), o presidente conseguiu caminhar pelos corredores do hospital. Na sexta, Bolsonaro tirou uma sonda que estava usando desde o dia da cirurgia. Essa é a quarta cirurgia do presidente por conta da facada que levou durante a campanha presidencial, em setembro do ano passado. O atentado ocorreu na cidade mineira de Juiz de Fora.

Até o retorno de Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão segue interinamente no cargo.

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta nesta segunda-feira (16). O chefe do Executivo brasileiro passou por uma cirurgia no dia 8 de setembro, para corrigir a hérnia, de acordo com o boletim médico. Apesar da alta, o Bolsonaro deve seguir a recuperação em casa. Ele estava no hospital Vila Nova Star na cidade de São Paulo.

Aos 64 anos, o presidente ficou internado durante sete dias e, no sábado (14), aceitou bem a dieta cremosa. Com essa medida, a alimentação aplicada na veia deve diminuir.
Jair Bolsonaro vem, segundo o boletim médico, apresentando melhora nas funções intestinais, mas só deve voltar às funções como presidente assim que a dieta a base de alimentos retomar.

Neste domingo (15), o presidente conseguiu caminhar pelos corredores do hospital. Na sexta, Bolsonaro tirou uma sonda que estava usando desde o dia da cirurgia. Essa é a quarta cirurgia do presidente por conta da facada que levou durante a campanha presidencial, em setembro do ano passado. O atentado ocorreu na cidade mineira de Juiz de Fora.

Até o retorno de Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão segue interinamente no cargo.

Reportagem, Raphael Costa