Menu

Bolsonaro passa por nova avaliação médica no Hospital Albert Einstein

É a primeira vez que ele volta ao centro médico, após ficar 17 dias internado devido à cirurgia que fez no abdômen

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Bolsonaro saiu de Brasília às 7h50 desta quarta, com o avião presidencial e pousou às 9h09 no Aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo/ Foto: reprodução EBC

Por Pedro Marra

O presidente Jair Bolsonaro viajou a São Paulo nesta quarta-feira (27) para receber nova avaliação médica no Hospital Israelita Albert Einstein, no bairro do Morumbi, zona Sul da cidade. É a primeira vez que ele volta ao centro médico, após ficar 17 dias internado devido à cirurgia que fez no abdômen.

Bolsonaro precisou passar pelos procedimentos porque levou uma facada em setembro do ano passado, durante ato de campanha, em Juiz de Fora (MG). No dia 28 de janeiro, os médicos retiraram a bolsa de colostomia utilizada pelo presidente e fizeram a ligação do intestino delgado ao intestino grosso.

O presidente saiu de Brasília às 7h50 desta quarta, com o avião presidencial e pousou às 9h09 no Aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo. Acompanhado por seguranças, Bolsonaro seguiu em direção ao hospital, onde chegou às 9h50. O exame estava previsto para ocorrer às 10h.

Há duas semanas, enquanto esteve internado, Bolsonaro chegou a despachar de dentro do hospital, em uma espécie de gabinete adaptada pelo centro médico. Na época, o presidente chegou a ser diagnosticado com pneumonia.

No entanto, Bolsonaro recebeu alta com o boletim médico apontando que o quadro pulmonar dele estava normalizado e que estava “sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral".

Pedro Marra

O jovem jornalista chegou à redação recém-formado e compõe a nossa equipe desde 2018. Com a experiência de ter sido repórter de esportes e cidades no Jornal de Brasília, suas pautas preferidas são educação e investigação.


Cadastre-se

O presidente Jair Bolsonaro viajou a São Paulo nesta quarta-feira (27) para receber nova avaliação médica no Hospital Israelita Albert Einstein, no bairro do Morumbi, zona Sul da cidade. É a primeira vez que ele volta ao centro médico, após ficar 17 dias internado devido à cirurgia que fez no abdômen.

Bolsonaro precisou passar pelos procedimentos porque levou uma facada em setembro do ano passado, durante ato de campanha, em Juiz de Fora (MG). No dia 28 de janeiro, os médicos retiraram a bolsa de colostomia utilizada pelo presidente e fizeram a ligação do intestino delgado ao intestino grosso.

O presidente saiu de Brasília às 7h50 desta quarta, com o avião presidencial e pousou às 9h09 no Aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo. Acompanhado por seguranças, Bolsonaro seguiu em direção ao hospital, onde chegou às 9h50. O exame estava previsto para ocorrer às 10h.

Há duas semanas, enquanto esteve internado, Bolsonaro chegou a despachar de dentro do hospital, em uma espécie de gabinete adaptada pelo centro médico. Na época, o presidente chegou a ser diagnosticado com pneumonia.

No entanto, Bolsonaro recebeu alta com o boletim médico apontando que o quadro pulmonar dele estava normalizado e que estava “sem dor, afebril, com função intestinal restabelecida e dieta leve por via oral".

Reportagem, Pedro Marra