Menu

Boris Johnson é eleito novo primeiro-ministro do Reino Unido

O ex-ministro de Relações Exteriores prometeu concluir o Brexit até 31 de outubro mesmo sem acordo

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Reprodução Twitter

Boris Johnson será o próximo primeiro-ministro do Reino Unido. O ex-ministro de Relações Exteriores e ex-prefeito de Londres foi eleito o novo líder do Partido Conservador com praticamente o dobro de votos do segundo colocado, Jeremy Hunt. Boris Johnson irá tomar posse nesta quarta-feira (24), quando Theresa May lhe entregará o cargo.

Em seu primeiro discurso após ser eleito, o novo primeiro-ministro do Reino Unido prometeu concluir o Brexit, tema que defende de maneira ferrenha, até 31 de outubro, data limite para a saída do Reino Unido da União Europeia.  

A liderança do Partido Conservador, e consequentemente o posto de primeiro-ministro do Reino Unido, estava vago desde sete de junho, quando Theresa May pediu licença do cargo.

Boris Johnson enfrentou nove concorrentes e derrotou na última rodada de votações o atual ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt.
 

Paulo Henrique

Formado em Jornalismo e com Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, possui experiência em redações e assessorias, atuou como estagiário na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no Portal R7 e na ASCOM da Câmara dos Deputados. Depois de formado, foi Assessor de Comunicação do Instituto de Migrações e Direitos Humanos e atualmente é repórter na Agência do Rádio.


Cadastre-se

Boris Johnson será o próximo primeiro-ministro do Reino Unido. O ex-ministro de Relações Exteriores e ex-prefeito de Londres foi eleito o novo líder do Partido Conservador com praticamente o dobro de votos do segundo colocado, Jeremy Hunt. Boris Johnson irá tomar posse nesta quarta-feira (24), quando Theresa May lhe entregará o cargo.

Em seu primeiro discurso após ser eleito, o novo primeiro-ministro do Reino Unido prometeu concluir o Brexit, tema que defende de maneira ferrenha, até 31 de outubro, data limite para a saída do Reino Unido da União Europeia.  

A liderança do Partido Conservador, e consequentemente o posto de primeiro-ministro do Reino Unido, estava vago desde sete de junho, quando Theresa May pediu licença do cargo.

Boris Johnson enfrentou nove concorrentes e derrotou na última rodada de votações o atual ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, Jeremy Hunt.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes