Menu

BRASILEIRÃO: Fla atropela Verdão e se mantém na liderança

Timão bate Galo e encosta na briga pelo topo da tabela, enquanto Peixe volta a vencer

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Alexandre Vidal & Marcelo Cortes / Flamengo

Faltando pouco para o fim do primeiro turno, o Brasileirão vai desenhando os postulantes ao título. Neste fim de semana, nove partidas pela 17ª rodada mostraram que Flamengo e os times paulistas devem travar uma briga ferrenha pela liderança até o fim do campeonato.

Em lua de mel com a torcida, que novamente lotou o Maracanã, o Mengão atropelou o Palmeiras, no embate entre os elencos mais caros do país. O Verdão começou a partida querendo retomar a moral com a torcida, que ainda não digeriu a eliminação na Libertadores. Matheus Fernandes até abriu o placar, mas a arbitragem de vídeo entrou em cena e anulou o gol por impedimento. Depois disso, começou o show rubro-negro. Arrascaeta fez ótima jogada e colocou Gabigol na cara do gol, que não perdoou e tocou por cobertura na saída de Weverton.  O Verdão não conseguia reagir e o Fla não tirava o pé do acelerador. Aos 37, Bruno Henrique correu do meio-campo até a linha de fundo e cruzou na medida para Arrascaeta, sozinho, fazer de cabeça.

Na volta do segundo tempo, aos 15 minutos, Diogo Barbosa fez pênalti em Rafinha. Gabigol bateu e marcou o terceiro do Fla e o 14º dele no campeonato, artilheiro isolado do Brasileirão. Final, Flamengo, na liderança, três, Palmeiras, quinto colocado e em crise, zero.

Quem venceu em pleno aniversário e entrou de vez na briga pelo título foi o Corinthians. No dia em que completou 109 anos, o Timão venceu o Atlético Mineiro por um a zero. Gustavo fez o gol da vitória aos 43 da segunda etapa. Os três pontos fizeram o time paulista subir para a terceira posição com 31 pontos. O Galo caiu para o sétimo lugar. 

O Fortaleza voltou a vencer, e em casa, bateu o Goiás por dois a zero, gols de Quintero e Osvaldo. O Leão do Pici subiu para a 12ª posição, enquanto o Esmeraldino está em 13º lugar.

No Mineirão, Fábio pegou um pênalti de Yago Pikachu e segurou a vitória do Cruzeiro sobre o Vasco por um a zero. O gol foi marcado pelo jovem Mauricio, de 18 anos. Apesar da vitória, o time mineiro segue em 16º na tabela, enquanto o Gigante da Colina caiu para a 15ª colocação. 

No sábado, o Santos voltou a vencer depois de três jogos e se mantém na briga pela primeira posição. O Peixe derrotou a Chapecoense na Arena Condá por um a zero, gol contra de Gum. O Peixe tem os mesmos 36 pontos que o Fla, mas fica em segundo por conta dos gols marcados. A Chape está em 17º na tabela, na zona do rebaixamento. 

No jogo com mais gols do fim de semana, o Internacional venceu o Botafogo por três a dois. Edenílson, Rodrigo Lindoso e Nico López marcaram para o Colorado, que ocupa a sexta posição na tabela. Diego Souza e Marcinho fizeram os gols do Fogão, que caiu para o décimo lugar.

Outro time que venceu pelo placar mínimo foi o Athletico Paranaense, que bateu o Ceará. O Furacão está em nono lugar, enquanto o Vozão caiu para 14ª posição.

O Bahia também venceu por um a zero o CSA. O Tricolor Baiano se manteve em oitavo, e o time alagoano segue na zona do rebaixamento, na penúltima posição.

Decepcionando a todos que esperavam um jogo com muita bola na rede no duelo de tricolores, São Paulo e Grêmio não saíram do zero a zero. O Tricolor Paulista é o quarto colocado, enquanto o time gaúcho ocupa a 11ª posição.

Um duelo de dois times desesperados na zona do rebaixamento fecha a 17ª rodada. Fluminense e Avaí jogam no Maracanã, nesta segunda-feira (2). O Flu é o 18º colocado, enquanto o Avaí amarga a lanterna do campeonato. A bola rola à partir das oito da noite, horário de Brasília.

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Faltando pouco para o fim do primeiro turno, o Brasileirão vai desenhando os postulantes ao título. Neste fim de semana, nove partidas pela 17ª rodada mostraram que Flamengo e os times paulistas devem travar uma briga ferrenha pela liderança até o fim do campeonato.

Em lua de mel com a torcida, que novamente lotou o Maracanã, o Mengão atropelou o Palmeiras, no embate entre os elencos mais caros do país. O Verdão começou a partida querendo retomar a moral com a torcida, que ainda não digeriu a eliminação na Libertadores. Matheus Fernandes até abriu o placar, mas a arbitragem de vídeo entrou em cena e anulou o gol por impedimento. Depois disso, começou o show rubro-negro. Arrascaeta fez ótima jogada e colocou Gabigol na cara do gol, que não perdoou e tocou por cobertura na saída de Weverton.  O Verdão não conseguia reagir e o Fla não tirava o pé do acelerador. Aos 37, Bruno Henrique correu do meio-campo até a linha de fundo e cruzou na medida para Arrascaeta, sozinho, fazer de cabeça.

Na volta do segundo tempo, aos 15 minutos, Diogo Barbosa fez pênalti em Rafinha. Gabigol bateu e marcou o terceiro do Fla e o 14º dele no campeonato, artilheiro isolado do Brasileirão. Final, Flamengo, na liderança, três, Palmeiras, quinto colocado e em crise, zero.

Quem venceu em pleno aniversário e entrou de vez na briga pelo título foi o Corinthians. No dia em que completou 109 anos, o Timão venceu o Atlético Mineiro por um a zero. Gustavo fez o gol da vitória aos 43 da segunda etapa. Os três pontos fizeram o time paulista subir para a terceira posição com 31 pontos. O Galo caiu para o sétimo lugar. 

O Fortaleza voltou a vencer, e em casa, bateu o Goiás por dois a zero, gols de Quintero e Osvaldo. O Leão do Pici subiu para a 12ª posição, enquanto o Esmeraldino está em 13º lugar.

No Mineirão, Fábio pegou um pênalti de Yago Pikachu e segurou a vitória do Cruzeiro sobre o Vasco por um a zero. O gol foi marcado pelo jovem Mauricio, de 18 anos. Apesar da vitória, o time mineiro segue em 16º na tabela, enquanto o Gigante da Colina caiu para a 15ª colocação. 

No sábado, o Santos voltou a vencer depois de três jogos e se mantém na briga pela primeira posição. O Peixe derrotou a Chapecoense na Arena Condá por um a zero, gol contra de Gum. O Peixe tem os mesmos 36 pontos que o Fla, mas fica em segundo por conta dos gols marcados. A Chape está em 17º na tabela, na zona do rebaixamento. 

No jogo com mais gols do fim de semana, o Internacional venceu o Botafogo por três a dois. Edenílson, Rodrigo Lindoso e Nico López marcaram para o Colorado, que ocupa a sexta posição na tabela. Diego Souza e Marcinho fizeram os gols do Fogão, que caiu para o décimo lugar.

Outro time que venceu pelo placar mínimo foi o Athletico Paranaense, que bateu o Ceará. O Furacão está em nono lugar, enquanto o Vozão caiu para 14ª posição.

O Bahia também venceu por um a zero o CSA. O Tricolor Baiano se manteve em oitavo, e o time alagoano segue na zona do rebaixamento, na penúltima posição.

Decepcionando a todos que esperavam um jogo com muita bola na rede no duelo de tricolores, São Paulo e Grêmio não saíram do zero a zero. O Tricolor Paulista é o quarto colocado, enquanto o time gaúcho ocupa a 11ª posição.

Um duelo de dois times desesperados na zona do rebaixamento fecha a 17ª rodada. Fluminense e Avaí jogam no Maracanã, nesta segunda-feira (2). O Flu é o 18º colocado, enquanto o Avaí amarga a lanterna do campeonato. A bola rola à partir das oito da noite, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa