Menu

BRASILEIRÃO: Fla e Vasco fazem jogo maluco e empatam em 4 a 4

Rubro Negro segue na liderança com 11 pontos de vantagem, Gigante da Colina agora é o 10º na tabela

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes e Paula Reis / Flamengo

Pense em todos os ingredientes que fazem uma partida de futebol emocionante e inesquecível. Pois na noite desta quarta-feira (13), todos eles estiveram presentes no Maracanã no clássico entre Flamengo e Vasco, que terminou com um impressionante quatro a quatro no placar. A partida foi adiantada pela 34ª rodada.

Antes do primeiro minuto de jogo, já tinha bola na rede. Reinier fez ótima jogada e com um cruzamento rasteiro achou Everton Ribeiro, que abriu a contagem. Só que a reação do Vascão veio. Após ótimo contra-ataque, Marrony igualou o placar. E a virada veio logo após três minutos. Yago Pikachu foi derrubado na área após lance de muita habilidade e o juiz marcou pênalti. O próprio Pikachu bateu e virou. Só que ainda tinha jogo e antes do intervalo, o Flamengo fez jogada ensaiada após cobrança de falta. Rafinha chutou, a bola desviou em Danilo Barcelos e o jogo voltou a igualdade, dois a dois. 

Se na primeira etapa quem fez gol rápido foi o time de Jorge Jesus, no segundo tempo foi a equipe de Vanderlei Luxemburgo que mostrou fome de gol. Aos seis minutos, Marcos Júnior bateu após cruzamento de Rossi e colocou Vasco na vantagem novamente. Bruno Henrique chamou o protagonismo para si a partir dos 20 minutos, quando marcou gol na saída de Fernando Miguel, empatando tudo. Aos 34, Vitinho fez excelente jogada e achou Bruno Henrique, que marcou o segundo dele e virou para o Rubro Negro. Mas a partida não tinha acabado, e aos 47 da segunda etapa, Ribamar apareceu e empatou novamente. Ufa! Flamengo quatro, Vasco quatro. O Mengão segue na liderança com 11 pontos de vantagem para o Palmeiras segundo na tabela. Com o empate, o Gigante da Colina subiu uma posição na tabela e agora ocupa a 10ª posição.

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Pense em todos os ingredientes que fazem uma partida de futebol emocionante e inesquecível. Pois na noite desta quarta-feira (13), todos eles estiveram presentes no Maracanã no clássico entre Flamengo e Vasco, que terminou com um impressionante quatro a quatro no placar. A partida foi adiantada pela 34ª rodada.

Antes do primeiro minuto de jogo, já tinha bola na rede. Reinier fez ótima jogada e com um cruzamento rasteiro achou Everton Ribeiro, que abriu a contagem. Só que a reação do Vascão veio. Após ótimo contra-ataque, Marrony igualou o placar. E a virada veio logo após três minutos. Yago Pikachu foi derrubado na área após lance de muita habilidade e o juiz marcou pênalti. O próprio Pikachu bateu e virou. Só que ainda tinha jogo e antes do intervalo, o Flamengo fez jogada ensaiada após cobrança de falta. Rafinha chutou, a bola desviou em Danilo Barcelos e o jogo voltou a igualdade, dois a dois. 

Se na primeira etapa quem fez gol rápido foi o time de Jorge Jesus, no segundo tempo foi a equipe de Vanderlei Luxemburgo que mostrou fome de gol. Aos seis minutos, Marcos Júnior bateu após cruzamento de Rossi e colocou Vasco na vantagem novamente. Bruno Henrique chamou o protagonismo para si a partir dos 20 minutos, quando marcou gol na saída de Fernando Miguel, empatando tudo. Aos 34, Vitinho fez excelente jogada e achou Bruno Henrique, que marcou o segundo dele e virou para o Rubro Negro. Mas a partida não tinha acabado, e aos 47 da segunda etapa, Ribamar apareceu e empatou novamente. Ufa! Flamengo quatro, Vasco quatro. O Mengão segue na liderança com 11 pontos de vantagem para o Palmeiras segundo na tabela. Com o empate, o Gigante da Colina subiu uma posição na tabela e agora ocupa a 10ª posição.

Reportagem, Raphael Costa