Menu

BRASILEIRÃO: Goiás empata no fim e breca sequência de vitórias do Fla

Santos bate Bahia no sufoco, Cruzeiro derrota Botafogo fora de casa e deixa zona do rebaixamento

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Goiás E.C.

Quatro partidas fecharam a 29ª rodada do Brasileirão, na noite desta quinta-feira (31). E o líder Flamengo entrou em campo e deixou a vitória escapar no fim da partida. O Rubro Negro entrou em campo, no Serra Dourada, para enfrentar o Goiás e acabou empatando em dois a dois. A rede só foi balançar na segunda etapa. Gabigol e Rodrigo Caio fizeram os gols do Fla, após duas cobranças de escanteio e deixaram a equipe carioca com uma boa vantagem.

Porém, Michael provou mais uma vez ser um dos nomes desse Brasileirão. Primeiro, ele fez ótima jogada e deu o passe para Rafael Moura diminuir para os donos da casa. O Fla viu o goleiro César ser expulso e o jogo aumentar a temperatura com muito bate-boca. No último minuto de partida, Michael deu uma arrancada, saiu na cara do gol e empatou O resultado apenas diminuiu a vantagem do Flamengo, que agora está oito pontos a frente do Palmeiras, em segundo. O Goiás segue em décimo.

No sufoco, o Santos derrotou o Bahia por um a zero na Vila Belmiro. Marinho sofreu pênalti. Carlos Sanchez bateu e garantiu os três pontos para o Peixe que se manteve no terceiro lugar, com 55 pontos. O Bahia é o nono colocado.

Em duelo pela parte mais baixa da classificação, o Cruzeiro foi valente e derrotou o Botafogo em pleno Engenhão por dois a zero. O resultado tirou a Raposa da zona do rebaixamento. Com os três pontos conquistados, a equipe mineira subiu para a 16ª posição, colocando o Fluminense na zona da degola. O Botafogo caiu uma posição na tabela e agora está em 14º.    

Internacional e Athletico Paranaense empataram em um a um, no Beira-Rio. Rodrigo Lindoso abriu o placar para o Colorado, mas Rony deixou tudo igual. O Inter caiu para o sexto ligar, enquanto o Furacão se manteve em oitavo.

Reportagem, Raphael Costa

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Quatro partidas fecharam a 29ª rodada do Brasileirão, na noite desta quinta-feira (31). E o líder Flamengo entrou em campo e deixou a vitória escapar no fim da partida. O Rubro Negro entrou em campo, no Serra Dourada, para enfrentar o Goiás e acabou empatando em dois a dois. A rede só foi balançar na segunda etapa. Gabigol e Rodrigo Caio fizeram os gols do Fla, após duas cobranças de escanteio e deixaram a equipe carioca com uma boa vantagem.

Porém, Michael provou mais uma vez ser um dos nomes desse Brasileirão. Primeiro, ele fez ótima jogada e deu o passe para Rafael Moura diminuir para os donos da casa. O Fla viu o goleiro César ser expulso e o jogo aumentar a temperatura com muito bate-boca. No último minuto de partida, Michael deu uma arrancada, saiu na cara do gol e empatou O resultado apenas diminuiu a vantagem do Flamengo, que agora está oito pontos a frente do Palmeiras, em segundo. O Goiás segue em décimo.

No sufoco, o Santos derrotou o Bahia por um a zero na Vila Belmiro. Marinho sofreu pênalti. Carlos Sanchez bateu e garantiu os três pontos para o Peixe que se manteve no terceiro lugar, com 55 pontos. O Bahia é o nono colocado.

Em duelo pela parte mais baixa da classificação, o Cruzeiro foi valente e derrotou o Botafogo em pleno Engenhão por dois a zero. O resultado tirou a Raposa da zona do rebaixamento. Com os três pontos conquistados, a equipe mineira subiu para a 16ª posição, colocando o Fluminense na zona da degola. O Botafogo caiu uma posição na tabela e agora está em 14º.    

Internacional e Athletico Paranaense empataram em um a um, no Beira-Rio. Rodrigo Lindoso abriu o placar para o Colorado, mas Rony deixou tudo igual. O Inter caiu para o sexto ligar, enquanto o Furacão se manteve em oitavo.