Menu

Cerca de 25% dos jovens entre 20 e 29 anos já se vacinaram contra o sarampo, afirma Ministério da Saúde

A meta da segunda fase da campanha nacional é vacinar 9 milhões e quatrocentos mil pessoas dessa faixa etária

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Prefeitura de Valinhos - SP

De janeiro a novembro de 2019, cerca de 25% das pessoas entre 20 e 29 anos se vacinaram contra o sarampo. A meta da segunda fase da campanha nacional é vacinar 9 milhões e quatrocentas mil pessoas dessa faixa etária.

No último sábado (30), os postos de vacinação de todo o país ficaram abertos para o dia “D” de mobilização nacional contra o sarampo. Isso porque a faixa etária de 20 a 29 anos é a que acumula o maior número de casos confirmados da doença. Para esse público, o maior problema não é a gravidade da doença, mas o fator de transmissão para os grupos mais suscetíveis às complicações, caso das crianças.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Se você tem entre 20 e 29 anos e não lembra se já tomou a vacina contra o sarampo, a recomendação é procurar o posto de saúde mais próximo. Não esqueça de levar sua caderneta de vacinação e um documento com foto.
 

Cintia Moreira

Em uma de suas experiências profissionais ganhou um prêmio jornalístico e jura que não tem pautas de preferência. Sua única preferência é que tenham pautas.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

LOC.: De janeiro a novembro de 2019, cerca de 25% das pessoas entre 20 e 29 anos se vacinaram contra o sarampo. A meta da segunda fase da campanha nacional é vacinar 9 milhões e quatrocentas mil pessoas dessa faixa etária.

No último sábado (30), os postos de vacinação de todo o país ficaram abertos para o dia “D” de mobilização nacional contra o sarampo. Isso porque a faixa etária de 20 a 29 anos é a que acumula o maior número de casos confirmados da doença. Para esse público, o maior problema não é a gravidade da doença, mas o fator de transmissão para os grupos mais suscetíveis às complicações, caso das crianças.

O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina.

Se você tem entre 20 e 29 anos e não lembra se já tomou a vacina contra o sarampo, a recomendação é procurar o posto de saúde mais próximo. Não esqueça de levar sua caderneta de vacinação e um documento com foto.

Reportagem, Cintia Moreira