Menu

Com dois de Bruno Henrique, Fla vence Vasco e fica a um empate do título carioca

Rubro-Negro não tomou conhecimento do rival e poderia ter vencido por mais gols

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: reprodução - Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo largou na frente na final do campeonato Carioca. Mesmo jogando no Engenhão, com mando de campo do Vasco, o Rubro-Negro venceu por dois a zero e encaminhou o título estadual. O destaque da partida foi Bruno Henrique, autor dos dois gols. O resultado permite ao Flamengo empatar ou perder por até um gol de diferença no jogo da volta, no Maracanã, que ainda será o campeão.

Pelo Paulista, o primeiro jogo do clássico Majestoso entre São Paulo e Corinthians foi aquém do esperado: um sonolento zero a zero no Morumbi. Os mais de 58 mil são-paulinos presentes no estádio viram o tricolor paulista dominar o jogo, mas parar na zaga corintiana várias vezes. A melhor chance do jogo foi a cabeçada de Arboleda, em que Cássio tirou em cima da linha. A partida de volta ocorre no próximo domingo na Arena Corinthians, em Itaquera.

Em Minas Gerais, a final entre Cruzeiro e Atlético teve festa do lado azul do Mineirão, após vitória da Raposa por dois a um. O time celeste abriu o placar com um chute de fora da área de Marquinhos Gabriel. No segundo tempo, o Galo chegou ao empate com Ricardo Oliveira. Após escanteio, no entanto, o zagueiro Léo deu a vitória para o time de Mano Menezes. No próximo sábado, o Galo precisa vencer por um gol de diferença para ficar com o título, por conta da melhor campanha na primeira fase.

Diante de 45 mil torcedores, a primeira partida da decisão do Gauchão terminou em zero a zero. Com provocações e as defesas levando a melhor sobre os ataques, Inter e Grêmio fizeram um jogo pegado. Quem mais trabalhou foram os goleiros Marcelo Lomba e Paulo Victor. Com o resultado, a finalíssima do Campeonato Gaúcho está em aberto. O jogo de volta ocorre nesta quarta-feira (17). Quem vencer, será campeão em cima do maior rival.

No Catarinense, temos uma final! Avaí e Chapecoense decidem o título no próximo domingo, na Ressacada. E foi no mesmo estádio que o Leão avançou nos pênaltis para a decisão, após empatar com o Criciúma em um a um no tempo normal. Já a Chape contou com o gol de Everaldo para ganhar do Figueirense, na Arena Condá.

No Paraná, o Toledo saiu na frente do Athletico Paranaense, gol de cabeça do zagueiro Fandinho. Com a vitória de um a zero no estádio 14 de dezembro, o time do Oeste do estado encara o Furacão na Arena da Baixada no próximo domingo. Se perder por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis.  

Já no Baianão, o primeiro jogo da final teve empate entre o Bahia de Feira e o Bahia. Com gols de Bruninho para os donos da casa e Rogério para o Tricolor de Aço, a decisão está em aberto para o jogo de volta na Arena Fonte Nova. Os times voltam a se enfrentar próximo domingo, em Salvador.
 

Pedro Marra

O jovem jornalista chegou à redação recém-formado e compõe a nossa equipe desde 2018. Com a experiência de ter sido repórter de esportes e cidades no Jornal de Brasília, suas pautas preferidas são educação e investigação.


Cadastre-se

O Flamengo largou na frente na final do campeonato Carioca. Mesmo jogando no Engenhão, com mando de campo do Vasco, o Rubro-Negro venceu por dois a zero e encaminhou o título estadual. O destaque da partida foi Bruno Henrique, autor dos dois gols. O resultado permite ao Flamengo empatar ou perder por até um gol de diferença no jogo da volta, no Maracanã, que ainda será o campeão.

Pelo Paulista, o primeiro jogo do clássico Majestoso entre São Paulo e Corinthians foi aquém do esperado: um sonolento zero a zero no Morumbi. Os mais de 58 mil são-paulinos presentes no estádio viram o tricolor paulista dominar o jogo, mas parar na zaga corintiana várias vezes. A melhor chance do jogo foi a cabeçada de Arboleda, em que Cássio tirou em cima da linha. A partida de volta ocorre no próximo domingo na Arena Corinthians, em Itaquera.

Em Minas Gerais, a final entre Cruzeiro e Atlético teve festa do lado azul do Mineirão, após vitória da Raposa por dois a um. O time celeste abriu o placar com um chute de fora da área de Marquinhos Gabriel. No segundo tempo, o Galo chegou ao empate com Ricardo Oliveira. Após escanteio, no entanto, o zagueiro Léo deu a vitória para o time de Mano Menezes. No próximo sábado, o Galo precisa vencer por um gol de diferença para ficar com o título, por conta da melhor campanha na primeira fase.

Diante de 45 mil torcedores, a primeira partida da decisão do Gauchão terminou em zero a zero. Com provocações e as defesas levando a melhor sobre os ataques, Inter e Grêmio fizeram um jogo pegado. Quem mais trabalhou foram os goleiros Marcelo Lomba e Paulo Victor. Com o resultado, a finalíssima do Campeonato Gaúcho está em aberto. O jogo de volta ocorre nesta quarta-feira (17). Quem vencer, será campeão em cima do maior rival.

No Catarinense, temos uma final! Avaí e Chapecoense decidem o título no próximo domingo, na Ressacada. E foi no mesmo estádio que o Leão avançou nos pênaltis para a decisão, após empatar com o Criciúma em um a um no tempo normal. Já a Chape contou com o gol de Everaldo para ganhar do Figueirense, na Arena Condá.

No Paraná, o Toledo saiu na frente do Athletico Paranaense, gol de cabeça do zagueiro Fandinho. Com a vitória de um a zero no estádio 14 de dezembro, o time do Oeste do estado encara o Furacão na Arena da Baixada no próximo domingo. Se perder por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis.  

Já no Baianão, o primeiro jogo da final teve empate entre o Bahia de Feira e o Bahia. Com gols de Bruninho para os donos da casa e Rogério para o Tricolor de Aço, a decisão está em aberto para o jogo de volta na Arena Fonte Nova. Os times voltam a se enfrentar próximo domingo, em Salvador.

Reportagem, Pedro Marra