Menu

Cooxupé confirma ritmo acelerado de trabalho na colheita de café

China deve reabrir comércio de carne com o Brasil e evitar férias coletivas

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: CNA

A Cooxupé, maior cooperativa cafeeira do mundo, detalhou que mais de 26% da área plantada até o dia 7 de junho pelos seus cooperados já foi colhida. O resultado está bem acima do desempenho no mesmo período do ano passado.

Quem vai nos detalhar o tamanho desse crescimento e quais as expectativas para esta safra de café é a jornalista Carla Mendes, do Notícias Agrícolas. Seja bem-vinda, Carla.

“A colheita está mais avançada este ano, já que no mesmo período de 2018 eram apenas 11,5% da área colhida contra os mais de 26% que você acabou de adiantar. Desde 2015, pelo menos, os trabalhos de colheita não passavam de 13% nesse momento da safra, segundo divulgou a Cooxupé em um relatório trazido nesta quarta-feira (12). Nós devemos ter uma safra menor de café esse ano, por termos um ano de baixos no ciclo bienal, que é típico do café alternar ano de boas e más colheitas. Então, devemos ter um ano de baixa.”

Agora, falando sobre uma mudança importante para a pecuária. Segundo a Agrifatto, uma consultoria do ramo, o Ministério da Agricultura e Pecuária se reuniu com autoridades chinesas para interromper a suspensão de exportação de carne. Essa suspensão já causava reflexos na produção brasileira. Nesta semana, a Minerva, empresa de alimentos, havia anunciado férias coletivas para mais de 600 funcionários.

Quais as informações sobre essa reunião e o que já se sabe sobre essa situação com a China, Carla?

“Nós tivemos essa reunião entre José Guilherme Leal, que é da Secretaria de Defesa Agropecuária e uma certificadora da China. Nós devemos ter boas notícias para os embarques de carne bovina para os chineses. A nota, trazida pela Agrifatto, que é uma consultoria privada, é assinada pela CEO da consultoria, a Lygia Pimentel, que confirma a reabertura das vendas à China após a suspensão por conta do caso de Vaca Louca. Segundo a Agrifatto, a planta da Minerva em Barretos, que tinha anunciado férias coletivas já suspendeu esse movimento e a unidade já volta a abater.”

Obrigado pelos esclarecimentos, Carla. Quem quiser saber mais novidades do agronegócio é só acessar o Notícias Agrícolas, certo?

“É isso mesmo. Para quem quiser saber mais sobre o agronegócio brasileiro e mundial: noticiasagricolas.com.br. Até a próxima, Raphael".

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

A Cooxupé, maior cooperativa cafeeira do mundo, detalhou que mais de 26% da área plantada até o dia 7 de junho pelos seus cooperados já foi colhida. O resultado está bem acima do desempenho no mesmo período do ano passado.

Quem vai nos detalhar o tamanho desse crescimento e quais as expectativas para esta safra de café é a jornalista Carla Mendes, do Notícias Agrícolas. Seja bem-vinda, Carla.

“A colheita está mais avançada este ano, já que no mesmo período de 2018 eram apenas 11,5% da área colhida contra os mais de 26% que você acabou de adiantar. Desde 2015, pelo menos, os trabalhos de colheita não passavam de 13% nesse momento da safra, segundo divulgou a Cooxupé em um relatório trazido nesta quarta-feira (12). Nós devemos ter uma safra menor de café esse ano, por termos um ano de baixos no ciclo bienal, que é típico do café alternar ano de boas e más colheitas. Então, devemos ter um ano de baixa.”

Agora, falando sobre uma mudança importante para a pecuária. Segundo a Agrifatto, uma consultoria do ramo, o Ministério da Agricultura e Pecuária se reuniu com autoridades chinesas para interromper a suspensão de exportação de carne. Essa suspensão já causava reflexos na produção brasileira. Nesta semana, a Minerva, empresa de alimentos, havia anunciado férias coletivas para mais de 600 funcionários.

Quais as informações sobre essa reunião e o que já se sabe sobre essa situação com a China, Carla?
 

“Nós tivemos essa reunião entre José Guilherme Leal, que é da Secretaria de Defesa Agropecuária e uma certificadora da China. Nós devemos ter boas notícias para os embarques de carne bovina para os chineses. A nota, trazida pela Agrifatto, que é uma consultoria privada, é assinada pela CEO da consultoria, a Lygia Pimentel, que confirma a reabertura das vendas à China após a suspensão por conta do caso de Vaca Louca. Segundo a Agrifatto, a planta da Minerva em Barretos, que tinha anunciado férias coletivas já suspendeu esse movimento e a unidade já volta a abater.”

Obrigado pelos esclarecimentos, Carla. Quem quiser saber mais novidades do agronegócio é só acessar o Notícias Agrícolas, certo?

“É isso mesmo. Para que quiser saber mais sobre o agronegócio brasileiro e mundial: noticiasagricolas.com.br. Até a próxima, Raphael.”