Menu

COPA DO BRASIL: Furacão e Inter jogam primeira final nesta quarta-feira (11)

Equipe paranaense busca abrir vantagem para título inédito, já o Colorado sonha com o bicampeonato

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Lucas Figueiredo - CBF

Chegou a hora da decisão e não tem mais para onde correr. A primeira das duas partidas da finalíssima da Copa do Brasil, que vai encher o cofre do campeão com mais de R$ 50 milhões, terá seu primeiro capítulo contado na noite desta quarta-feira (11), no confronto entre Athletico Paranaense e Internacional.

O primeiro cenário desta história será a Arena da Baixada. Apoiado pela torcida, que deve lotar o estádio, o Furacão tem o retorno do zagueiro Léo Pereira, que estava suspenso na semifinal contra o Grêmio. Além do defensor, Madson e Tonny Anderson ficam à disposição de Tiago Nunes. Os dois atletas não entraram em campo contra o Tricolor Gaúcho por questões contratuais. 

O time paranaense quer construir um bom resultado no jogo de ida em busca do título inédito.

Do lado do Colorado, os desfalques permanecem sendo Natanael, Rodrigo Dourado e Matheus Galdezani. De resto, a equipe comandada por Odair Hellman não deve mudar. Guerrero abriu mão da convocação do Peru para permanecer no Inter e jogar a final. O jogador é a principal esperança de gol do time. O Colorado busca o bicampeonato e a quebra de um jejum incômodo. São 27 anos sem vencer um título nacional.

A bola rola para Athletico Paranaense e Internacional a partir das 21h30, horário de Brasília.

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Chegou a hora da decisão e não tem mais para onde correr. A primeira das duas partidas da finalíssima da Copa do Brasil, que vai encher o cofre do campeão com mais de R$ 50 milhões, terá seu primeiro capítulo contado na noite desta quarta-feira (11), no confronto entre Athletico Paranaense e Internacional.

O primeiro cenário desta história será a Arena da Baixada. Apoiado pela torcida, que deve lotar o estádio, o Furacão tem o retorno do zagueiro Léo Pereira, que estava suspenso na semifinal contra o Grêmio. Além do defensor, Madson e Tonny Anderson ficam à disposição de Tiago Nunes. Os dois atletas não entraram em campo contra o Tricolor Gaúcho por questões contratuais. 

O time paranaense quer construir um bom resultado no jogo de ida em busca do título inédito.

Do lado do Colorado, os desfalques permanecem sendo Natanael, Rodrigo Dourado e Matheus Galdezani. De resto, a equipe comandada por Odair Hellman não deve mudar. Guerrero abriu mão da convocação do Peru para permanecer no Inter e jogar a final. O jogador é a principal esperança de gol do time. O Colorado busca o bicampeonato e a quebra de um jejum incômodo. São 27 anos sem vencer um título nacional.

A bola rola para Athletico Paranaense e Internacional a partir das 21h30, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa