Menu

CULTURA: Consumo de músicas por streaming cresce mais de 50% no Brasil

...

Banners

LOC:  Ficou mais fácil ouvir e ter acesso aos mais variados tipos de música no mundo. Com as facilidades que a tecnologia oferece, qualquer lugar e hora pode ser lugar de escutar uma música. Isso porque, de acordo com o relatório publicado pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica, o número de consumidores dos serviços de música por streaming chegou a 112 milhões no ano passado.
No Brasil, existem várias plataformas de música por streaming que estão disponíveis para usuários, como o Spotify, o Deezer, o Google Play e a Apple Music. O estudante de engenharia, Fernando Campelo, de 21 anos, faz uso da plataforma Spotify há cerca de dois anos. Fernando conta porque ele prefere ouvir música online, pelo streaming, sem ter que baixar o conteúdo ou comprar um CD.
 
TEC/SONORA: Fernando Campelo, 21 anos, estudante de engenharia
“Eu gostei muito principalmente por causa da portabilidade. Também é uma rede social, ele não é só um software de escutar música, porque você consegue conectar seus amigos no facebook, ver o que eles estão escutando, consegue compartilhar a playlist. A plataforma sugere, mostra as novas músicas. E sobre a portabilidade, você consegue escutar em qualquer lugar. Eu gosto bastante mesmo!”
 
LOC: De acordo com a pesquisa, o consumo de streaming no mercado digital cresceu mais de 50 por cento em relação ao ano passado. Segundo a associação Pro-Música Brasil, o mercado brasileiro de música já é predominantemente digital e o streaming é modelo mais usado para distribuição de música.
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gifJá o mercado de música gravada no Brasil, depois de um crescimento em três anos, voltou a sofrer queda de quase três por cento, por conta da baixa venda de CDs e DVDs musicais e os fortes efeitos da crise econômica no país.
 
Reportagem, Juliana Gonçalves 

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se