Menu

Angry Birds 2 garante risadas e traz reflexão sobre temas atuais

Com piadas para todos os públicos, filme consegue passar por assuntos em evidência sem perder a delicadeza e a pitada de humor

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Divulgação

A guerra entre o pássaro Red e o porquinho verde Leonardo ganha uma trégua do segundo filme de Angry Birds, filme derivado de um jogo para smartphones. A animação, que chega nessa quinta-feira (3) nas telonas, eleva o nível da disputa entre a Ilha dos Pássaros e a Ilha dos Porcos. Red, Leonardo, Chuck, Bomb e Mega Águia, que tiveram os holofotes no primeiro filme, de 2016, voltam agora com a ajuda de uma equipe bem inusitada – destaque para a gênia da engenharia Silver. 

A trégua entre os pássaros que não sabem voar e os porquinhos verdes ladrões de ovos surge com a ameaça de uma nova ilha nos arredores, a Ilha das Águias. Sem saber o motivo dos ataques, Red, Leonardo e sua turma se unem para desvendar o mistério e derrotar o mais novo inimigo. 

Dirigido agora pelo norte-americano Thurop Van-Orman, que tem no currículo as atribuições de cartunista, animador, artista de voz, escritor de televisão, produtor e diretor, “Angry Birds 2 – O Filme” traz uma pitada a mais de humor, que consegue divertir crianças e adultos – prepare os ouvidos para a famosa “Baby Shark”, que faz parte da famosa trilha sonora, característica bem marcante do primeiro filme. 

Muito mais que divertir, o filme consegue trazer, ainda que sutilmente, algumas críticas e reflexões ao atual momento em que vive a sociedade. A fragilidade masculina, ainda hoje um tabu, e a liderança feminina fazem parte da trama do filme de 2019. A passarinha Silver, gênia da engenharia, tem destaque não à toa: ela consegue trazer o feminismo à obra com delicadeza e ainda ser fonte de inspiração paras as crianças das ilhas – enquanto Red luta contra o estigma de ser um pássaro solitário que precisa manter, a todo custo, o status de líder. 

O filme faz também uma reflexão sobre o espírito de equipe, já que, juntos, os pássaros e os porcos conseguem um melhor resultado ao defenderem suas ilhas. Com linguagem simples para as crianças, o filme passa a mensagem que dividir os holofotes com bons amigos é melhor que tê-los para si – e só para si. 

Angry Birds 2 estreia nessa quinta-feira (3) nos cinemas. 
 

Jalila Arabi



Cadastre-se

LOC: A guerra entre o pássaro Red e o porquinho verde Leonardo ganha uma trégua do segundo filme de Angry Birds. A animação, que chega nessa quinta-feira (3) nas telonas, eleva o nível da disputa entre a Ilha dos Pássaros e a Ilha dos Porcos. 

Red, Leonardo, Chuck, Bomb e Mega Águia, que tiveram os holofotes no primeiro filme, voltam agora com a ajuda de uma equipe bem inusitada.

A trégua entre os pássaros que não sabem voar e os porquinhos verdes ladrões de ovos surge com a ameaça de uma nova ilha nos arredores, a Ilha das Águias. Sem saber o motivo dos ataques, Red, Leonardo e sua turma se unem para desvendar o mistério e derrotar o mais novo inimigo. 

“Angry Birds 2 – O Filme” traz uma pitada a mais de humor, que consegue divertir crianças e adultos – prepare os ouvidos para a famosa “Baby Shark”, que faz parte da famosa trilha sonora, característica bem marcante do primeiro filme. 

Muito mais que divertir, o filme consegue trazer, ainda que sutilmente, algumas críticas e reflexões ao atual momento em que vive a sociedade. A fragilidade masculina, ainda hoje um tabu, e a liderança feminina fazem parte da trama do filme de 2019. A passarinha Silver, gênia da engenharia, tem destaque não à toa: ela consegue trazer o feminismo à obra com delicadeza e ainda ser fonte de inspiração paras as crianças das ilhas – enquanto Red luta contra o estigma de ser um pássaro solitário que precisa manter, a todo custo, o status de líder. 

O filme faz também uma reflexão sobre o espírito de equipe, já que, juntos, os pássaros e os porcos conseguem um melhor resultado ao defenderem suas ilhas. Com linguagem simples para as crianças, o filme passa a mensagem que dividir os holofotes com bons amigos é melhor que tê-los para si – e só para si. 

Angry Birds 2 estreia nessa quinta-feira (3) nos cinemas. 

Reportagem, Jalila Arabi.