Menu

Enchente no rio Sena deixa moradores de Paris em alerta

Mais de 1.500 pessoas foram retiradas da capital francesa e arredores por conta do volume de água do rio

Banners

Paris e região sofre com a cheia do rio Sena

A elevação do rio Sena, que atravessa Paris, obrigou mais de 1.500 pessoas a saírem do país e de zonas próximas à capital francesa, por conta das inundações. A meteorologista consultora do INMET, Ingrid Peixoto, explica que outras regiões francesas também estão sob alerta.

“Ruas e estradas inundadas, navegações proibidas, museu fechado sobre vigilância e moradores com pés nas águas. Choveu o equivalente a 167 milímetros de chuva, mais do que o dobro de precipitação normal para o mês de janeiro nas regiões parisienses. Cerca de 14 departamentos no nordeste da França estão sob alerta de inundação. As temperaturas também estão bastante elevadas e isto contribui ainda para os degelos nos alpes suíços e para as chuvas nas redondezas das regiões parisienses.”

Segundo Ingrid Peixoto, o nível da água do rio ainda vai demorar um pouco para baixar.

“O nível do rio Sena vai demorar para descer um pouco mais, já que as águas do subterrâneo e dos lagos de armazenamentos ainda estão bastante saturadas.”

Em 2016, o povo francês já havia sofrido com as chuvas torrenciais, que causaram grandes inundações e a morte de seis pessoas.

Reportagem, Cintia Moreira
 

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se