Menu

EXPOINTER 2019: Evento termina neste domingo (1º) com programação variada

Até o momento, mais de 300 mil pessoas já visitaram as atrações da maior feira agropecuária da América Latina

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Autor: Itamar Aguiar / Palácio Piratini

Os interessados em conhecer a maior exposição agropecuária da América Latina tem até este domingo (1) para ir até Esteio, no Rio Grande do Sul. Por enquanto, mais de 300 mil pessoas já foram conferir o evento. E quem foi, se surpreendeu com a quantidade de atrações.

“A gente está vendo bastante coisa nova, bastante tecnologia, bastante maquinários bem modernos. Maneiro! Eu estou gostando bastante, o atendimento também do pessoal aqui está bem melhor do que as outras vezes e esta parte de setorizar, para se movimentar, está melhor. Muito legal! Está muito bacana, está muito bom o movimento, espero que esteja dentro das expectativas do pessoal de vendas”, relataram os visitantes.

Tem programação para todas idades. Além da interação com os animais, é possível ir ao parque de diversões, com ingressos avulsos a R$ 8 e em kit, com três, a R$ 20. O espaço oferece brinquedos para todos os gostos e idades, como roda gigante, carrossel, Kamizake, barco viking e carrinho de choque.

Uma boa pedida para a criançada é visitar a Exposição Temática do Exército. No local, as crianças podem, entre oito da manhã e cinco da tarde, andar a cavalo, passear de barco e equilibrar-se em uma pista de cordas entre as árvores.

Se bater aquela fome, o visitante pode ir se alimentar em restaurantes e quiosques e se deliciar com crepes, churros, sorvetes, fritas e bebidas. Já o Pavilhão da Agricultura Familiar é o lugar para conhecer as delícias vindas do campo, como as cucas, queijos, geleias, pães, vinhos, conservas e mel.

Os ingressos para entrar na feira custam R$ 13 para o público em geral e R$ 6 para estudantes, com apresentação da carteira oficial de estudante. As pessoas entre 60 e 64 anos também pagam R$ 6 e, a partir dos 65 anos, assim como para crianças de até 6 anos, a entrada é gratuita. A feira ocorre das oito da manhã às oito e meia da noite até este domingo.
 

Cintia Moreira

Com 3 anos de formação, Cintia sempre optou pelo radiojornalismo. Em uma de suas experiências profissionais ganhou um prêmio jornalístico e jura que não tem pautas de preferência. Sua única preferência é que tenham pautas.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

Os interessados em conhecer a maior exposição agropecuária da América Latina tem até este domingo (1) para ir até Esteio, no Rio Grande do Sul. Por enquanto, mais de 300 mil pessoas já foram conferir o evento. E quem foi, se surpreendeu com a quantidade de atrações.

“A gente está vendo bastante coisa nova, bastante tecnologia, bastante maquinários bem modernos. Maneiro! Eu estou gostando bastante, o atendimento também do pessoal aqui está bem melhor do que as outras vezes e esta parte de setorizar, para se movimentar, está melhor. Muito legal! Está muito bacana, está muito bom o movimento, espero que esteja dentro das expectativas do pessoal de vendas.”

Tem programação para todas idades. Além da interação com os animais, é possível ir ao parque de diversões, com ingressos avulsos a R$ 8 e em kit, com três, a R$ 20. O espaço oferece brinquedos para todos os gostos e idades, como roda gigante, carrossel, Kamizake, barco viking e carrinho de choque.

Uma boa pedida para a criançada é visitar a Exposição Temática do Exército. No local, as crianças podem, entre oito da manhã e cinco da tarde, andar a cavalo, passear de barco e equilibrar-se em uma pista de cordas entre as árvores.

Se bater aquela fome, o visitante pode ir se alimentar em restaurantes e quiosques e se deliciar com crepes, churros, sorvetes, fritas e bebidas. Já o Pavilhão da Agricultura Familiar é o lugar para conhecer as delícias vindas do campo, como as cucas, queijos, geleias, pães, vinhos, conservas e mel.

Os ingressos para entrar na feira custam R$ 13 para o público em geral e R$ 6 para estudantes, com apresentação da carteira oficial de estudante. As pessoas entre 60 e 64 anos também pagam R$ 6 e, a partir dos 65 anos, assim como para crianças de até 6 anos, a entrada é gratuita. A feira ocorre das oito da manhã às oito e meia da noite até este domingo.

Reportagem, Cintia Moreira