Menu

Fla tem fim de semana mágico e conquista Brasileiro e Libertadores

Rubro Negro conquista nacional graças a tropeço do Verdão e volta a ser campeão do torneio continental após 38 anos

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Alexandre Vidal/ Flamengo

Comemorar dois títulos gigantes em menos de 24 horas. Impossível? Não se você for torcedor do Flamengo. Em um fim de semana mágico, o Mengão papou o título da Libertadores, em Lima, Peru, de forma heróica e o Brasileirão, no dia seguinte.

Isso porque, no domingo, a equipe sequer entrou em campo, pois já tinha adiantado o seu compromisso da 34ª rodada. O Palmeiras, segundo colocado, precisava vencer para manter vivo sonho do título, o que não ocorreu. Em casa, o Verdão acabou perdendo para o Grêmio por dois a um, o que encerrou as chances de alcançar a equipe carioca em número de pontos. Com isso, o Mengão é o campeão brasileiro de 2019.

Como se não fosse o suficiente, o Fla ainda bateu o River Plate por dois a um, em Lima, na final da Libertadores. Os argentinos saíram na frente logo no começo do jogo, com Borré. A partida caminhava para o fim com mais um título para os argentinos, até que Gabigol, artilheiro do time, resolveu ser o herói da conquista. O camisa 9 marcou aos 43 e aos 46 da segunda etapa, para o delírio rubro-negro depois de 38 anos. Parabéns, Flamengo, pelas conquistas!

Apesar dos títulos, ainda tem bola rolando pelo Brasileirão e ainda há muita coisa em jogo.

Querendo faturar um prêmio maior, o Santos tratou de tomar a segunda posição do Palmeiras. Em casa, o Peixe goleou o Cruzeiro de virada por quatro a um e assumiu a segunda posição, colocando o rival na terceira posição. As duas equipes têm o mesmo número de pontos, mas o Santos fica a frente devido ao número de vitórias. Já o Cruzeiro se manteve próximo da zona do rebaixamento. A equipe mineira está em 16º e pode cair para as últimas posições ainda nesta rodada.

Com uma chuva de gols na partida mais empolgante da rodada, o Goiás bateu o Bahia por quatro a três. O resultado fez o Esmeraldino tomar o nono lugar do Tricolor, que caiu para décimo,

Em casa, o Botafogo derrotou o Corinthians por um a zero. O Fogão é o 14º na tabela, o Timão está em oitavo. Quem não fez valer o mando de campo foi o Atlético Mineiro, que perdeu para o Athletico Paranaense, no Mineirão, por um a zero. O Galo está em 13º lugar. O Furacão está em quinto.

Sétimo colocado Internacional sofreu para empatar em dois a dois com o Fortaleza, 12º, em casa.

O Ceará empatou com o São Paulo com um gol no último lance. A partida terminou em um a um, o Vozão está na 15ª posição, perto da zona da degola e o Tricolor Paulista é o sexto.

No duelo de catarinenses, melhor para a Chapecoense. Sonhando com a permanência na série A, o time de Chapecó venceu o já rebaixado Avaí, na Ressacada, por um a zero. A Chape está na penúltima posição e ainda tem chances matemáticas de ficar na série A, mas precisa vencer todas as partidas e torcer por tropeços dos adversários diretos. O Avaí já está rebaixado.

E, nesta segunda, outro duelo pela parte mais baixa da tabela. No Rei Pelé, CSA e Fluminense jogam pela permanência na série A. O Flu é o 17º e tem seis pontos a mais que o time alagoano, em 18º na tabela. Se vencer, o Tricolor das Laranjeiras empurra o Cruzeiro para a zona da degola.

 

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Comemorar dois títulos gigantes em menos de 24 horas. Impossível? Não se você for torcedor do Flamengo. Em um fim de semana mágico, o Mengão papou o título da Libertadores, em Lima, Peru, de forma heróica e o Brasileirão, no dia seguinte.

Isso porque, no domingo, a equipe sequer entrou em campo, pois já tinha adiantado o seu compromisso da 34ª rodada. O Palmeiras, segundo colocado, precisava vencer para manter vivo sonho do título, o que não ocorreu. Em casa, o Verdão acabou perdendo para o Grêmio por dois a um, o que encerrou as chances de alcançar a equipe carioca em número de pontos. Com isso, o Mengão é o campeão brasileiro de 2019.

Como se não fosse o suficiente, o Fla ainda bateu o River Plate por dois a um, em Lima, na final da Libertadores. Os argentinos saíram na frente logo no começo do jogo, com Borré. A partida caminhava para o fim com mais um título para os argentinos, até que Gabigol, artilheiro do time, resolveu ser o herói da conquista. O camisa 9 marcou aos 43 e aos 46 da segunda etapa, para o delírio rubro-negro depois de 38 anos. Parabéns, Flamengo, pelas conquistas!

Apesar dos títulos, ainda tem bola rolando pelo Brasileirão e ainda há muita coisa em jogo.

Querendo faturar um prêmio maior, o Santos tratou de tomar a segunda posição do Palmeiras. Em casa, o Peixe goleou o Cruzeiro de virada por quatro a um e assumiu a segunda posição, colocando o rival na terceira posição. As duas equipes têm o mesmo número de pontos, mas o Santos fica a frente devido ao número de vitórias. Já o Cruzeiro se manteve próximo da zona do rebaixamento. A equipe mineira está em 16º e pode cair para as últimas posições ainda nesta rodada.

Com uma chuva de gols na partida mais empolgante da rodada, o Goiás bateu o Bahia por quatro a três. O resultado fez o Esmeraldino tomar o nono lugar do Tricolor, que caiu para décimo,

Em casa, o Botafogo derrotou o Corinthians por um a zero. O Fogão é o 14º na tabela, o Timão está em oitavo. Quem não fez valer o mando de campo foi o Atlético Mineiro, que perdeu para o Athletico Paranaense, no Mineirão, por um a zero. O Galo está em 13º lugar. O Furacão está em quinto.

Sétimo colocado Internacional sofreu para empatar em dois a dois com o Fortaleza, 12º, em casa.

O Ceará empatou com o São Paulo com um gol no último lance. A partida terminou em um a um, o Vozão está na 15ª posição, perto da zona da degola e o Tricolor Paulista é o sexto.

No duelo de catarinenses, melhor para a Chapecoense. Sonhando com a permanência na série A, o time de Chapecó venceu o já rebaixado Avaí, na Ressacada, por um a zero. A Chape está na penúltima posição e ainda tem chances matemáticas de ficar na série A, mas precisa vencer todas as partidas e torcer por tropeços dos adversários diretos. O Avaí já está rebaixado.

E, nesta segunda, outro duelo pela parte mais baixa da tabela. No Rei Pelé, CSA e Fluminense jogam pela permanência na série A. O Flu é o 17º e tem seis pontos a mais que o time alagoano, em 18º na tabela. Se vencer, o Tricolor das Laranjeiras empurra o Cruzeiro para a zona da degola.

Reportagem, Raphael Costa