Menu

Flu goleia e dá passo importante para classificação na Sula

Corinthians também vence no torneio continental e Inter encaminha vaga na Copa do Brasil

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Lucas Merçon/ FFC

Na noite desta quinta (23), a bola rolou por três torneios diferentes e o que não faltou foi bola na rede.

Começando pela Sul-Americana, com passeio tricolor no Maracanã. Apoiado por mais de 28 mil torcedores, o melhor público do time no ano, o Fluminense atropelou o Atlético Nacional, da Colômbia. Com uma atuação impecável do jovem atacante João Pedro, o Flu aplicou quatro a um e deu um grande passo rumo à classificação. Dono da noite, João Pedro anotou três gols e ainda deu uma assistência para Luciano. Com apenas 17 anos, o atleta já está negociado com o Watford, da Inglaterra. Barcos fez o gol de honra dos visitantes. O resultado permite ao Fluminense perder o jogo de volta por até dois gols de diferença.

Outra equipe que se deu bem na Sul-Americana foi o Corinthians, que jogou contra o time venezuelano do Deportivo Lara. Com gols de Vagner Love e Gustagol, o Timão venceu por dois a zero e pode perder o jogo de volta por até um gol que ainda assim avança no torneio. 

Pela Copa do Brasil, quem fez a festa foi o Internacional. No Beira-Rio, o Colorado derrotou o Paysandu sem sustos. Com dois gols de Guerrero e um de Lindoso, o Inter garantiu a vitória no jogo de ida das oitavas de final por três a um. Micael marcou o gol do Papão, que precisará vencer no Mangueirão por três gols de diferença para avançar de fase.

Com show da torcida, o Fortaleza sofreu, mas venceu o Botafogo da Paraíba no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste. Depois de pressionar durante toda a partida, Wellington Paulista marcou aos 33 do segundo tempo e deu a vitória ao Leão do Pici. O time comandado por Rogério Ceni tem a vantagem do empate na segunda partida que acontece na quarta-feira, 29 de maio, no estádio Almeidão, em João Pessoa. 

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Na noite desta quinta (23), a bola rolou por três torneios diferentes e o que não faltou foi bola na rede.

Começando pela Sul-Americana, com passeio tricolor no Maracanã. Apoiado por mais de 28 mil torcedores, o melhor público do time no ano, o Fluminense atropelou o Atlético Nacional, da Colômbia. Com uma atuação impecável do jovem atacante João Pedro, o Flu aplicou quatro a um e deu um grande passo rumo à classificação. Dono da noite, João Pedro anotou três gols e ainda deu uma assistência para Luciano. Com apenas 17 anos, o atleta já está negociado com o Watford, da Inglaterra. Barcos fez o gol de honra dos visitantes. O resultado permite ao Fluminense perder o jogo de volta por até dois gols de diferença.

Outra equipe que se deu bem na Sul-Americana foi o Corinthians, que jogou contra o time venezuelano do Deportivo Lara. Com gols de Vagner Love e Gustagol, o Timão venceu por dois a zero e pode perder o jogo de volta por até um gol que ainda assim avança no torneio. 

Pela Copa do Brasil, quem fez a festa foi o Internacional. No Beira-Rio, o Colorado derrotou o Paysandu sem sustos. Com dois gols de Guerrero e um de Lindoso, o Inter garantiu a vitória no jogo de ida das oitavas de final por três a um. Micael marcou o gol do Papão, que precisará vencer no Mangueirão por três gols de diferença para avançar de fase.

Com show da torcida, o Fortaleza sofreu, mas venceu o Botafogo da Paraíba no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste. Depois de pressionar durante toda a partida, Wellington Paulista marcou aos 33 do segundo tempo e deu a vitória ao Leão do Pici. O time comandado por Rogério Ceni tem a vantagem do empate na segunda partida que acontece na quarta-feira, 29 de maio, no estádio Almeidão, em João Pessoa. 

Reportagem, Raphael Costa