Menu

BRASILEIRÃO: Bruno Henrique garante vitória e leva Verdão à liderança

Outro paulista que se deu bem na rodada foi o Santos, que atropelou o Vasco no Pacaembu

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Cesar Greco

Não tem nada melhor do que depois de um almoço de domingo, encostar no sofá para acompanhar a rodada do Brasileirão, ainda mais se for dia das mães. E neste domingão, teve muita bola rolando e o que não faltou foi homenagens às mamães.

Em Minas Gerais, a festa foi verde e branca. Isso porque o Palmeiras foi até o Mineirão e venceu o Atlético por dois a zero, com gols do volante artilheiro. Aos 43 da primeira tapa, Bruno Henrique abriu o placar para o Verdão. Logo na volta do intervalo, Bruno Henrique apareceu de novo e decretou a vitória do time paulista. Final, Atlético Mineiro zero, Palmeiras dois. O Verdão assumiu a primeira posição com dez pontos, enquanto o Galo caiu para a quarta posição.

E quem subiu para o segundo lugar foi o Santos, que não teve pena do Vasco e venceu, sem dificuldades, por três a zero no Pacaembu. Pituca, Rodrygo e Soteldo marcaram os gols do Peixe. A vitória deixa o time de Sampaoli com os mesmos dez pontos do rival Palmeiras.

Logo na sequência da classificação vem o São Paulo, que bateu o Fortaleza fora de casa por um a zero, gol de Hernanes. Antes de a bola rolar, homenagem emocionante das torcidas das duas equipes para Rogério Ceni.

Em um jogo de tirar o fôlego, o Internacional derrotou o Cruzeiro por três a um. Rodrigo Moledo, Guerrero e Nonato fizeram a festa da torcida colorada, enquanto Dedé fez o de honra para a equipe mineira. 

No jogo da manhã, com o maior público do campeonato até aqui, o Flamengo ganhou da Chapecoense por dois a um e fez a festa de mais de 61 mil torcedores. 
Em casa, o Athletico Paranense derrotou o Bahia por um a zero, gol de Rony. Avaí e CSA não saíram do zero a zero. 

Outro jogo que não saiu do zero a zero foi Corinthians e Grêmio. No clássico carioca, melhor para o Botafogo, que ganhou do Fluminense por um a zero. No Serra Dourada, o Goiás fez valer o mando de campo e bateu o Ceará por dois a um. 

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Não tem nada melhor do que depois de um almoço de domingo, encostar no sofá para acompanhar a rodada do Brasileirão, ainda mais se for dia das mães. E neste domingão, teve muita bola rolando e o que não faltou foi homenagens às mamães.

Em Minas Gerais, a festa foi verde e branca. Isso porque o Palmeiras foi até o Mineirão e venceu o Atlético por dois a zero, com gols do volante artilheiro. Aos 43 da primeira tapa, Bruno Henrique abriu o placar para o Verdão. Logo na volta do intervalo, Bruno Henrique apareceu de novo e decretou a vitória do time paulista. Final, Atlético Mineiro zero, Palmeiras dois. O Verdão assumiu a primeira posição com dez pontos, enquanto o Galo caiu para a quarta posição.

E quem subiu para o segundo lugar foi o Santos, que não teve pena do Vasco e venceu, sem dificuldades, por três a zero no Pacaembu. Pituca, Rodrygo e Soteldo marcaram os gols do Peixe. A vitória deixa o time de Sampaoli com os mesmos dez pontos do rival Palmeiras.

Logo na sequência da classificação vem o São Paulo, que bateu o Fortaleza fora de casa por um a zero, gol de Hernanes. Antes de a bola rolar, homenagem emocionante das torcidas das duas equipes para Rogério Ceni.

Em um jogo de tirar o fôlego, o Internacional derrotou o Cruzeiro por três a um. Rodrigo Moledo, Guerrero e Nonato fizeram a festa da torcida colorada, enquanto Dedé fez o de honra para a equipe mineira. 

No jogo da manhã, com o maior público do campeonato até aqui, o Flamengo ganhou da Chapecoense por dois a um e fez a festa de mais de 61 mil torcedores. 
Em casa, o Athletico Paranense derrotou o Bahia por um a zero, gol de Rony. Avaí e CSA não saíram do zero a zero. 

Outro jogo que não saiu do zero a zero foi Corinthians e Grêmio. No clássico carioca, melhor para o Botafogo, que ganhou do Fluminense por um a zero. No Serra Dourada, o Goiás fez valer o mando de campo e bateu o Ceará por dois a um. 

Reportagem, Raphael Costa