Menu

FORTALEZA (CE): Doação de leite materno beneficiou 4 mil bebês em 2019

Só na capital cearense são quatro bancos de leite humano e 16 postos de coleta.

Banners
Créditos: Ministério da Saúde

Há três meses, a vida de Ticiane Cordeiro, 31 anos, mudou para melhor. Após uma gravidez tranquila, sem enjoos e com muita expectativa pela chegada de seu filho, ela trouxe ao mundo o Adam. 

SERVIÇO: Saiba onde doar leite materno em Fortaleza (CE)

A costureira conta que sempre teve muita vontade de ajudar as pessoas que precisam, e ela descobriu que isso era possível por meio do alimento que saía de seus seios. Ticiane, que mora no Carlito Pamplona, se cadastrou para ser doadora de leite materno no Hospital César Cals, na Avenida Imperador, aqui no Centro de Fortaleza. 

“Sempre tive vontade de ajudar. Já ouvi muitas pessoas falando que é importante, e tenho uma amiga que teve bebê prematuro e ela me pediu que, se eu tivesse muito leite, que eu doasse ao banco de leite humano. Ela disse que é muito sofrido para as mães que não têm leite materno e ficam dependendo disso.”

Só na capital cearense são quatro bancos de leite humano e 16 postos de coleta. A assessora técnica do Núcleo de Saúde da Mulher, Adolescente e Criança (NUSMAC) da Secretária de Saúde do estado, Sandra Luna, explica que o leite materno é essencial para todos os recém-nascidos. 

Ela reforça a necessidade da doação, principalmente porque é o alimento que vai ajudar a salvar a vida de bebês prematuros ou de baixo peso que estão internados. 

“A partir do leite materno doado ou da própria mãe, a criança se desenvolve mais rápido, cresce e se alimenta melhor. O tratamento é evoluído gradativamente, contribuindo cada vez mais por conta do leite materno que toma.” 

Ao todo, o Ceará conseguiu arrecadar, entre janeiro e maio, 3.164 litros de leite humano para 4.109 bebês internados nas unidades neonatais. No mesmo período, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RBLH) contou com 3.330 mães doadoras. 

Se você está amamentando e pode ajudar a salvar a vida de prematuros ou bebês de baixo peso, ligue para (85) 3107-5367. Repetindo: (85) 3107-5367. Este é o número da unidade de Banco de Leite Humano referência no Ceará, que fica no Hospital César Cals. 

Os profissionais da saúde vão te direcionar para o banco ou posto de coleta de leite humano mais próximo da sua casa. Você receberá um kit de doação com frascos e máscaras, e depois que já tiver coletado o leite materno, buscarão na sua casa. Simples, né? 

Doe leite materno, alimente a vida. Para mais informações, acesse saude.gov.br/doacaodeleite. 

Agência do Rádio



Cadastre-se

LOC.: Há três meses, a vida de Ticiane Cordeiro, 31 anos, mudou para melhor. Após uma gravidez tranquila, sem enjoos e com muita expectativa pela chegada de seu filho, ela trouxe ao mundo o Adam. 

A costureira conta que sempre teve muita vontade de ajudar as pessoas que precisam, e ela descobriu que isso era possível por meio do alimento que saía de seus seios. Ticiane, que mora no Carlito Pamplona, se cadastrou para ser doadora de leite materno no Hospital César Cals, na Avenida Imperador, aqui no Centro de Fortaleza. 

TEC./SONORA: Ticiane Cordeiro, 31 anos, costureira.

“Sempre tive vontade de ajudar. Já ouvi muitas pessoas falando que é importante, e tenho uma amiga que teve bebê prematuro e ela me pediu que, se eu tivesse muito leite, que eu doasse ao banco de leite humano. Ela disse que é muito sofrido para as mães que não têm leite materno e ficam dependendo disso.”
 

LOC.: Só na capital cearense são quatro bancos de leite humano e 16 postos de coleta. A assessora técnica do Núcleo de Saúde da Mulher, Adolescente e Criança (NUSMAC) da Secretária de Saúde do estado, Sandra Luna, explica que o leite materno é essencial para todos os recém-nascidos. 

Ela reforça a necessidade da doação, principalmente porque é o alimento que vai ajudar a salvar a vida de bebês prematuros ou de baixo peso que estão internados. 

TEC./SONORA: Sandra Luna, assessora técnica do Núcleo de Saúde da Mulher, Adolescente e Criança (NUSMAC) da Secretaria de Saúde do Ceará

“A partir do leite materno doado ou da própria mãe, a criança se desenvolve mais rápido, cresce e se alimenta melhor. O tratamento é evoluído gradativamente, contribuindo cada vez mais por conta do leite materno que toma.” 

LOC.: Ao todo, o Ceará conseguiu arrecadar, entre janeiro e maio, 3.164 litros de leite humano para 4.109 bebês internados nas unidades neonatais. No mesmo período, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (RBLH) contou com 3.330 mães doadoras. 

Se você está amamentando e pode ajudar a salvar a vida de prematuros ou bebês de baixo peso, ligue para (85) 3107-5367. Repetindo: (85) 3107-5367. Este é o número da unidade de Banco de Leite Humano referência no Ceará, que fica no Hospital César Cals. 

Os profissionais da saúde vão te direcionar para o banco ou posto de coleta de leite humano mais próximo da sua casa. Você receberá um kit de doação com frascos e máscaras, e depois que já tiver coletado o leite materno, buscarão na sua casa. Simples, né? 

Doe leite materno, alimente a vida. Para mais informações, acesse saude.gov.br/doacaodeleite.