Menu

Homem invade igreja e mata três pessoas após assassinar ex-namorada

O crime aconteceu na cidade mineira de Paracatu, localizada a cerca de 230 quilômetros de Brasília

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Divulgação Polícia Militar

Um homem invadiu uma igreja e matou três pessoas depois de matar a ex-namorada a facadas na noite desta terça-feira (21). O crime aconteceu em Paracatu, cidade da região Noroeste de Minas Gerais, localizada a aproximadamente 230 quilômetros de Brasília.

A polícia cogita que Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos, estava na casa da família dele com a ex-companheira, além da mãe e a irmã dele. No local, ele teria atingido sua ex-namorada com um canivete no pescoço e, após isso, teria seguido para a Igreja que fica a três quarteirões de distância da residência.

Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento em que o homem chegou na igreja, por volta das 18h47. Três pessoas foram atingidas com tiros na cabeça na igreja.

Segundo testemunhas, o autor do crime teria chegado ao local alucinado e com falas desconexas. Cerca de 20 pessoas participavam de uma reunião na igreja.

Uma equipe da polícia passava pelo local e ouviu os disparos. Os policiais conseguiram conter Rudson, que ameaçava atirar em outras pessoas, dando um tiro em sua clavícula.

Rudson Aragão Guimarães foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Paracatu, onde passou por cirurgia. O estado de saúde dele é grave. Ainda não se sabe o envolvimento dele com as pessoas atingidas pelos disparos na igreja.

Paulo Henrique

Formado em Jornalismo e com Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, possui experiência em redações e assessorias, atuou como estagiário na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no Portal R7 e na ASCOM da Câmara dos Deputados. Depois de formado, foi Assessor de Comunicação do Instituto de Migrações e Direitos Humanos e atualmente é repórter na Agência do Rádio.


Cadastre-se

Um homem invadiu uma igreja e matou três pessoas depois de matar a ex-namorada a facadas na noite desta terça-feira (21). O crime aconteceu em Paracatu, cidade da região Noroeste de Minas Gerais, localizada a aproximadamente 230 quilômetros de Brasília.

A polícia cogita que Rudson Aragão Guimarães, de 39 anos, estava na casa da família dele com a ex-companheira, além da mãe e a irmã dele. No local, ele teria atingido sua ex-namorada com um canivete no pescoço e, após isso, teria seguido para a Igreja que fica a três quarteirões de distância da residência.

Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento em que o homem chegou na igreja, por volta das 18h47. Três pessoas foram atingidas com tiros na cabeça na igreja.

Segundo testemunhas, o autor do crime teria chegado ao local alucinado e com falas desconexas. Cerca de 20 pessoas participavam de uma reunião na igreja.

Uma equipe da polícia passava pelo local e ouviu os disparos. Os policiais conseguiram conter Rudson, que ameaçava atirar em outras pessoas, dando um tiro em sua clavícula.

Rudson Aragão Guimarães foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Paracatu, onde passou por cirurgia. O estado de saúde dele é grave. Ainda não se sabe o envolvimento dele com as pessoas atingidas pelos disparos na igreja.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes