Menu

IBGE: Produção industrial cai em nove dos 15 estados analisados em março

Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram os estados que registraram alta; Pará e Bahia tiveram os recuos mais significativos

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (8) a Pesquisa Industrial Mensal referente à março. Segundo o levantamento, nove dos 15 estados pesquisados tiveram queda na produção industrial no terceiro mês do ano. A indústria nacional apresentou recuo de 1,3% no período.

Pará e Bahia registraram os recuos mais significativos, com 11,3% e 10,1%, respectivamente. Os estados do Mato Grosso, Pernambuco, Minas Gerais, Ceará, São Paulo e Amazonas também registram queda na produção durante o mês de março.

Segundo o analista da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE, Bernardo Almeida, o resultado negativo na maioria dos estados é reflexo do desemprego e da crise econômica pela qual passa o país.

“Isso devido à incerteza onde a indústria brasileira se encontra, causando mais cautela na tomada de decisões por parte dos investidores e também nas decisões de consumo por parte das famílias. Ademais, nós temos também o aumento do desemprego, que causa um menor número de contratações e, consequentemente, uma menor produtividade da indústria”, explica.

Os seis estados que registram alta no setor industrial foram Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Na comparação com março do ano passado, 12 estados apresentaram queda, enquanto três registraram alta na produção. No acumulado do ano, dez deles tiveram queda na produção. Na análise dos últimos 12 meses, nove apresentaram baixa.

Paulo Henrique

Formado em Jornalismo e com Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, possui experiência em redações e assessorias, atuou como estagiário na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no Portal R7 e na ASCOM da Câmara dos Deputados. Depois de formado, foi Assessor de Comunicação do Instituto de Migrações e Direitos Humanos e atualmente é repórter na Agência do Rádio.


Cadastre-se

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, divulgou nesta quarta-feira (8) a Pesquisa Industrial Mensal referente à março. Segundo o levantamento, nove dos 15 estados pesquisados tiveram queda na produção industrial no terceiro mês do ano. A indústria nacional apresentou recuo de 1,3% no período.

Pará e Bahia registraram os recuos mais significativos, com 11,3% e 10,1%, respectivamente. Os estados do Mato Grosso, Pernambuco, Minas Gerais, Ceará, São Paulo e Amazonas também registram queda na produção durante o mês de março.

Segundo o analista da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE, Bernardo Almeida, o resultado negativo na maioria dos estados é reflexo do desemprego e da crise econômica pela qual passa o país.

“Isso devido à incerteza onde a indústria brasileira se encontra, causando mais cautela na tomada de decisões por parte dos investidores e também nas decisões de consumo por parte das famílias. Ademais, nós temos também o aumento do desemprego, que causa um menor número de contratações e, consequentemente, uma menor produtividade da indústria”.

Os seis estados que registram alta no setor industrial foram Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Na comparação com março do ano passado, 12 estados apresentaram queda, enquanto três registraram alta na produção. No acumulado do ano, dez deles tiveram queda na produção. Na análise dos últimos 12 meses, nove apresentaram baixa.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes