Menu

IBGE: Produção industrial cresce em dez dos 15 locais pesquisados em abril

As maiores altas foram registradas em Pernambuco na Bahia

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Agência Brasil

O IBGE divulgou nesta terça-feira (11) que a produção da indústria cresceu em dez dos 15 locais pesquisados entre março e abril.

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional. As maiores altas foram registradas em Pernambuco e na Bahia.

Mato Grosso, Ceará, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais foram os outros locais que registraram alta na produção da indústria entre março e abril. Em compensação, Pará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás e Amazonas registraram queda na produção industrial no período.

Segundo o analisa de Pesquisa Industrial Mensal, Bernardo Almeida, assim como no âmbito nacional, as indústrias regionais passam por um cenário de instabilidade.

"A indústria regional apresenta um cenário muito semelhante ao da indústria nacional, com um cenário prato de incertezas devido a uma cautela na tomada de decisões tanto de consumo quanto de investimento, o que gera uma retração na indústria", defende.

Na comparação com abril do ano passado, seis locais tiveram alta, com destaque para o Ceará, que teve aumento de 6,5%. Nove locais tiveram queda, a maior delas no Pará, que registrou baixa de 31% na comparação com abril de 2018.

No acumulado do ano, onze locais tiveram queda e quatro tiveram alta. Segundo o IBGE, no acumulado de 12 meses, dez locais tiveram queda e cinco registraram alta na produção.

Paulo Henrique

Formado em Jornalismo e com Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, possui experiência em redações e assessorias, atuou como estagiário na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no Portal R7 e na ASCOM da Câmara dos Deputados. Depois de formado, foi Assessor de Comunicação do Instituto de Migrações e Direitos Humanos e atualmente é repórter na Agência do Rádio.


Cadastre-se

O IBGE divulgou nesta terça-feira (11) que a produção da indústria cresceu em dez dos 15 locais pesquisados entre março e abril.

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional. As maiores altas foram registradas em Pernambuco e na Bahia.

Mato Grosso, Ceará, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Minas Gerais foram os outros locais que registraram alta na produção da indústria entre março e abril. Em compensação, Pará, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Goiás e Amazonas registraram queda na produção industrial no período.

Segundo o analisa de Pesquisa Industrial Mensal, Bernardo Almeida, assim como no âmbito nacional, as indústrias regionais passam por um cenário de instabilidade.

"A indústria regional apresenta um cenário muito semelhante ao da indústria nacional, com um cenário prato de incertezas devido a uma cautela na tomada de decisões tanto de consumo quanto de investimento, o que gera uma retração na indústria".

Na comparação com abril do ano passado, seis locais tiveram alta, com destaque para o Ceará, que teve aumento de 6,5%. Nove locais tiveram queda, a maior delas no Pará, que registrou baixa de 31% na comparação com abril de 2018.

No acumulado do ano, onze locais tiveram queda e quatro tiveram alta. Segundo o IBGE, no acumulado de 12 meses, dez locais tiveram queda e cinco registraram alta na produção.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes