Menu

Ilha de Vera Cruz: #10 Democracia Digital: A política na era das redes sociais

Episódio #10 do Ilha de Vera Cruz debate o futuro da democracia em tempos de mídias sociais

Banners
Arte: Sabrine Cruz

Quem viveu as eleições em 2018 deve se lembrar muito bem da influência que as redes sociais exerceram nas escolhas dos eleitores brasileiros. Eram dias de agitação no Facebook, com textões e imagens compartilhadas. No WhatsApp, acordávamos com músicas engraçadas sobre candidatos. De repente, a famosa propaganda eleitoral televisiva já não era mais tão relevante e, cada vez mais, as escolhas sobre candidatos foram guiadas pelas mídias digitais.

Em meio a tudo isso, as famosas 'fake news' pautaram amplamente o debate eleitoral. Robôs, polêmicas envolvendo campanhas pagas, disseminação de informações falsas, memes, piadas… Enfim, foram diversas ferramentas, milhares de interações e, assim, foi estabelecida uma nova dinâmica na corrida eleitoral. No final das contas, elegeu-se como Presidente da República o então candidato Jair Bolsonaro, que sempre utilizou as redes sociais para falar diretamente com seus eleitores.

Desde que assumiu a presidência no dia 1º de janeiro, sabemos de notícias importantes pelo Twitter do presidente. Demissões, admissões, decretos e inúmeros anúncios relevantes já foram feitos por essa rede social.

Em meio à tantas discussões sobre essas polêmicas, o Ilha de Vera Cruz decidiu trazer um novo olhar sobre essa tema. Vamos tentar entender como a tecnologia pode ser uma aliada no fortalecimento da Democracia no nosso país. Vem com a gente!

O episódio #10 do Ilha de Vera Cruz, conta com a participação do pesquisador Thiago Rondon. Ele é fundador e CEO do AppCívico e co-diretor do Instituto Tecnologia & Equidade.



Ouça também pelo Spotify: https://spoti.fi/2JVvmY9

--

Produção: João Paulo Machado e Bruna Goularte

Trabalhos técnicos: Lucas Rodrigues

Capa: Sabrine Cruz

Produto: Agência do Rádio Brasileiro

-

Entre em contato! Mande um e-mail para: podcastilhadeveracruz@gmail.com.

Ah, e não se esqueçam: nosso Twitter é @CruzIlha e nosso Insta é @podcastcruzilha

João Paulo Machado

João Paulo é graduado pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB) e iniciou sua carreira estagiando na área de reportagem da Rádio Nacional (EBC). Na Agência do Rádio atuou na cobertura de eventos importantes como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. No mesmo período, desenvolveu trabalho em parceria com o Ministério do Esporte redigindo reportagens para o portal Brasil2016.gov.br, além de colaborações para redes sociais.Atualmente, cobre os acontecimentos da Praça dos Três Poderes para a Agência do Rádio.


Cadastre-se

Quem viveu as eleições em 2018 deve se lembrar muito bem da influência que as redes sociais exerceram nas escolhas dos eleitores brasileiros. Eram dias de agitação no Facebook, com textões e imagens compartilhadas. No WhatsApp, acordávamos com músicas engraçadas sobre candidatos. De repente, a famosa propaganda eleitoral televisiva já não era mais tão relevante e, cada vez mais, as escolhas sobre candidatos foram guiadas pelas mídias digitais.

Em meio a tudo isso, as famosas 'fake news' pautaram amplamente o debate eleitoral. Robôs, polêmicas envolvendo campanhas pagas, disseminação de informações falsas, memes, piadas… Enfim, foram diversas ferramentas, milhares de interações e, assim, foi estabelecida uma nova dinâmica na corrida eleitoral. No final das contas, elegeu-se como Presidente da República o então candidato Jair Bolsonaro, que sempre utilizou as redes sociais para falar diretamente com seus eleitores.

Desde que assumiu a presidência no dia 1º de janeiro, sabemos de notícias importantes pelo Twitter do presidente. Demissões, admissões, decretos e inúmeros anúncios relevantes já foram feitos por essa rede social.

Em meio à tantas discussões sobre essas polêmicas, o Ilha de Vera Cruz decidiu trazer um novo olhar sobre essa tema. Vamos tentar entender como a tecnologia pode ser uma aliada no fortalecimento da Democracia no nosso país. Vem com a gente!

O episódio #10 do Ilha de Vera Cruz, conta com a participação do pesquisador Thiago Rondon. Ele é fundador e CEO do AppCívico e co-diretor do Instituto Tecnologia & Equidade.