Menu

INDICADORES: Preço do boi gordo começa a semana com queda

O preço do quilo do frango não sofreu variação no preço e o produto ainda é vendido a R$ 4,81

Banners
Foto: Arquivo/EBC

A cotação da arroba do boi gordo começou segunda-feira (13) com queda de 1,47% no preço e o produto é negociado a R$ 151,25 em São Paulo. Em Goiânia, o produto é vendido à vista a R$ 139. Já Barretos e Araçatuba, em São Paulo, a arroba é comercializada a R$ 155,50.

O preço do quilo do frango congelado não sofreu variação e o produto ainda é vendido a R$ 4,81. O preço do quilo do frango resfriado também não mudou e a mercadoria ainda é comercializada a R$ 4,90.

No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial também continuou o mesmo e o produto é negociado a R$ 6,60. Em Minas Gerais, o preço do suíno subiu 0,94% é a mercadoria é vendida a R$ 4,29. No Paraná, o produto é comercializado à vista a R$ 4,02. Os valores são do Canal Rural e Cepea.

 

Marquezan Araújo

Marquezan é formado pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), atuou como âncora de jornal radiofônico e locutor de programa musical. Passou por estágios na Agência Brasil e na Rádio Nacional, da EBC. Repórter da Agência do Rádio desde 2016, acompanha as movimentações do Legislativo no Congresso Nacional.


Cadastre-se

A cotação da arroba do boi gordo começou segunda-feira (13) com queda de 1,47% no preço e o produto é negociado a R$ 151,25 em São Paulo. Em Goiânia, o produto é vendido à vista a R$ 139. Já Barretos e Araçatuba, em São Paulo, a arroba é comercializada a R$ 155,50.

O preço do quilo do frango congelado não sofreu variação e o produto ainda é vendido a R$ 4,81. O preço do quilo do frango resfriado também não mudou e a mercadoria ainda é comercializada a R$ 4,90.

No mercado financeiro, o preço da carcaça suína especial também continuou o mesmo e o produto é negociado a R$ 6,60. Em Minas Gerais, o preço do suíno subiu 0,94% é a mercadoria é vendida a R$ 4,29. No Paraná, o produto é comercializado à vista a R$ 4,02. Os valores são do Canal Rural e Cepea.

Reportagem, Marquezan Araújo