Menu

Inflação da construção atinge 0,26% em janeiro, aponta FGV

O percentual ficou acima do apurado no mês anterior, quando o resultado foi de 0,14%

Banners
Foto: Arquivo/EBC

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M), registrou inflação de 0,26% em janeiro deste ano. O percentual ficou acima do apurado no mês anterior, quando o resultado foi de 0,14%. Os dados são da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ainda de acordo com a instituição, em 12 meses, o indicador acumula taxa de inflação de 3,99%. 

Os materiais e equipamentos tiveram inflação de 0,47% este mês. O item com maior alta de preços foi o material para instalação elétrica, com 1,77%. Já os serviços apresentaram inflação de 0,37%.

O índice que mede o custo da mão de obra, por sua vez, teve inflação de apenas 0,09% no período. A mão de obra especializada foi a que teve alta de preços mais intensa, chegando a 0,23%.
 

Marquezan Araújo

Marquezan é formado pelo Centro Universitário de Brasília (UniCEUB), atuou como âncora de jornal radiofônico e locutor de programa musical. Passou por estágios na Agência Brasil e na Rádio Nacional, da EBC. Repórter da Agência do Rádio desde 2016, acompanha as movimentações do Legislativo no Congresso Nacional.


Cadastre-se

LOC.: O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M), registrou inflação de 0,26% em janeiro deste ano. O percentual ficou acima do apurado no mês anterior, quando o resultado foi de 0,14%. Os dados são da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ainda de acordo com a instituição, em 12 meses, o indicador acumula taxa de inflação de 3,99%. 

Os materiais e equipamentos tiveram inflação de 0,47% este mês. O item com maior alta de preços foi o material para instalação elétrica, com 1,77%. Já os serviços apresentaram inflação de 0,37%.

O índice que mede o custo da mão de obra, por sua vez, teve inflação de apenas 0,09% no período. A mão de obra especializada foi a que teve alta de preços mais intensa, chegando a 0,23%.

Reportagem, Marquezan Araújo