Menu

Inglaterra vence Colômbia nos pênaltis e avança para as quartas

Suécia bate Suíça e também garante vaga na próxima fase

Banners

Malas prontas, partiu quartas de final! Depois de ver nosso Brasil vencer os mexicanos, dois duelos definiram quais seleções continuam na Copa do Mundo.

E quem disse que conseguir uma vaga nas quartas é moleza? Inglaterra e Colômbia se encontraram em Moscou para um duelo que prometia alta qualidade. As equipes mediram forças e o equilíbrio marcou o confronto. Na primeira etapa, as únicas boas chances vieram das bolas paradas. O jogo era quente, e, a cada falta marcada, ingleses e colombianos se desentendiam em discussões ríspidas. O clima não era nada ameno e o árbitro começou a distribuir cartões para os jogadores, que exageravam nas chegadas e nas encenações.

Após o intervalo, pouca coisa mudou, e, seguindo o panorama, foi de uma bola parada que surgiu a grande chance para os ingleses. Em cobrança de escanteio, Sánchez fez falta em Harry Kane dentro da área. O árbitro marcou a penalidade, que o próprio atacante cobrou e abriu o placar. Um a zero para a Inglaterra. Com o gol, Kane assumiu a artilharia da Copa com seis tentos no torneio.

Os ingleses se acalmaram com o resultado e começaram a jogar um futebol mais burocrático. Já a Colômbia, se desesperava a cada volta no relógio. E quando tudo parecia resolvido, o inesperado voltou a ser um fator protagonista. Aos 46 da segunda etapa, também em cobrança de escanteio, o zagueiro Mina subiu no último andar, testou firme no chão e empatou para os colombianos. A partida foi para a prorrogação, mas o placar não se alterou. Nos pênaltis, Bacca e Uribe perderam as cobranças e a Inglaterra confirmou a passagem para as quartas.

No duelo da manhã, Suíça e Suécia entraram em campo na cidade de São Petersburgo. O jogo não foi dos melhores tecnicamente, mas não faltou emoção. Os suecos encaixaram uma marcação forte que dificultou muito o trabalho dos suíços, que jogaram abaixo do seu melhor futebol. No entanto, os dois times conseguiram criar algumas chances durante o primeiro tempo, que acabou sem gols.

No segundo tempo, o individual fez a diferença. Aos 20 minutos, Forsberg, em lance individual, chutou de longe, a bola desviou em Akanji, sem chances de defesa para o goleiro suíço. O gol decretou a vitória dos suecos, que desde 1994 não passavam das oitavas de final.

Na próxima fase, Inglaterra e Suécia se enfrentarão nas quartas de final, no estádio de Samara. A partida será no sábado, às onze da manhã, horário de Brasília.

Reportagem, Raphael Costa

#Copa2018

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se