Menu

Mais de 40% dos brasileiros avalia mal ações do governo para lidar com óleo nas praias

Os 980 pontos do litoral atingidos passam por 9 estados do nordeste, além do Espírito Santo e do Rio de Janeiro

Banners
Foto: Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Mais de 40% dos brasileiros avalia mal as ações do governo do presidente Jair Bolsonaro para lidar com os vazamentos de óleo que atingiram o litoral brasileiro em 2019. Os dados são da pesquisa Datafolha, organizada pelo jornal “Folha de São Paulo”, e liberados nesta segunda-feira (23).

De 2.948 pessoas acima de 16 anos, ouvidos na pesquisa, em 176 municípios, 42% consideram as ações como ruins ou péssimas; 31% como regulares e 23% como ótimas ou boas. Os números indicam diferenças na percepção entre homens e mulheres, entre regiões e entre ocupações. Mulheres, nordestinos e nortenhos, e estudantes tiveram percepção mais negativa.

O índice de conhecimento dos vazamentos também foi questionado, com 92% dos entrevistados cientes da poluição nas praias brasileiras. Os 980 pontos do litoral atingidos passam por 9 estados do nordeste, além do Espírito Santo e do Rio de Janeiro. A origem do óleo ainda é desconhecida.


 

Vinícius Brandão

Formado em 2016, Vinícius trabalhou majoritariamente em agências de comunicação de empresas privadas e para o governo de Brasília. É fascinado em descobrir como trabalhar com novas mídias como podcasts e em redes sociais, e ganhou o prêmio de jornalismo Rui Bianchi na categoria webjornalismo.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

LOC.: Mais de 40% dos brasileiros avalia mal as ações do governo do presidente Jair Bolsonaro para lidar com os vazamentos de óleo que atingiram o litoral brasileiro em 2019. Os dados são da pesquisa Datafolha, organizada pelo jornal “Folha de São Paulo”, e liberados nesta segunda-feira (23).

De 2.948 pessoas acima de 16 anos, ouvidos na pesquisa, em 176 municípios, 42% consideram as ações como ruins ou péssimas; 31% como regulares e 23% como ótimas ou boas. Os números indicam diferenças na percepção entre homens e mulheres, entre regiões e entre ocupações. Mulheres, nordestinos e nortenhos, e estudantes tiveram percepção mais negativa.

O índice de conhecimento dos vazamentos também foi questionado, com 92% dos entrevistados cientes da poluição nas praias brasileiras. Os 980 pontos do litoral atingidos passam por 9 estados do nordeste, além do Espírito Santo e do Rio de Janeiro. A origem do óleo ainda é desconhecida.

Reportagem, Vinícius Brandão