Menu

Marinha argentina diz que registrou evento semelhante à explosão após último contato com submarino

Segundo o porta-voz da Marinha argentina, o registro é de uma “atividade singular, curta, violenta, não nuclear e incomum, consistente como uma explosão”
 

Banners

A Marinha da Argentina informou nesta quinta-feira (23) que registrou um evento “consistente com uma explosão” poucas horas após o último contato com o submarino ARA San Juan, desaparecido desde o dia 15 de novembro com 44 pessoas a bordo.

Segundo o porta-voz da Marinha argentina, o registro é de uma “atividade singular, curta, violenta, não nuclear e incomum, consistente como uma explosão”. A causa e o que de fato aconteceu com a embarcação ainda não foram esclarecidos.

Segundo as autoridades, a demora em informar a imprensa e as famílias dos tripulantes sobre a possível explosão ocorreu por conta das análises, de diferentes instituições, sobre o ocorrido.

Ao todo, cerca de dez países estão ajudando nas buscas pela embarcação e os tripulantes com o uso de navios e aviões. Brasil, Estados Unidos e o Reino Unido estão entre os países que cooperam na procura. O submarino partiu da região de Ushuaia, na Patagônia, e tinha como destino Mar Del Plata.

Reportagem, Raphael Costa

 

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se