Menu

MINUTO DA SAÚDE: Alimentação balanceada aumenta produção de leite materno, revela especialista

A amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da mortalidade infantil

Banners
Arte: Ítalo Novais

O leite materno é a melhor fonte de nutrição e proteção para o bebê. A amamentação reduz em 13% a mortalidade infantil por causas evitáveis em crianças menores de cinco anos e reduz os riscos de infecções respiratórias, diarreias, alergias, doenças cardíacas e diabetes.

Durante o período de amamentação, muitas mães não imaginam o quanto uma boa alimentação é importante. Danielle Aparecida da Silva, engenheira de alimentos e coordenadora do Banco de Leite Humano do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernando de Figueira da Fiocruz (RJ), fala sobre a importância de uma alimentação saudável.

“Como profissionais de saúde, indicamos sempre uma boa alimentação, porque há um gasto energético muito alto. Uma mulher que amamenta gasta, em média, seiscentas calorias. Então, é importante que ela mantenha uma alimentação saudável e ingira muito líquido".

A amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da mortalidade infantil. Por isso, incentive todas as mamães que você conhece para o aleitamento materno com os seus bebês. Para mais informações, acesse saude.gov.br. 

Agência do Rádio



Cadastre-se

LOC.:  O leite materno é a melhor fonte de nutrição e proteção para o bebê. A amamentação reduz em 13% a mortalidade infantil por causas evitáveis em crianças menores de cinco anos e reduz os riscos de infecções respiratórias, diarreias, alergias, doenças cardíacas e diabetes.

Durante o período de amamentação, muitas mães não imaginam o quanto uma boa alimentação é importante. Danielle Aparecida da Silva, engenheira de alimentos e coordenadora do Banco de Leite Humano do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernando de Figueira da Fiocruz (RJ), fala sobre a importância de uma alimentação saudável.
 

TEC./SONORA: Danielle Aparecida da Silva, engenheira de alimentos.

“Como profissionais de saúde, indicamos sempre uma boa alimentação, porque há um gasto energético muito alto. Uma mulher que amamenta gasta, em média, seiscentas calorias. Então, é importante que ela mantenha uma alimentação saudável e ingira muito líquido". 
 

LOC.: A amamentação é a forma de proteção mais econômica e eficaz para redução da mortalidade infantil. Por isso, incentive todas as mamães que você conhece para o aleitamento materno com os seus bebês. Para mais informações, acesse saude.gov.br.