Menu

Museu do Futebol, em São Paulo, transmite jogos durante a Copa do Mundo

Quem visitar o local também pode acompanhar palestras e exposições interativas

 

Banners

A Copa do Mundo começou nesta quinta-feira (14) e são muitos jogos pela frente. Se você é de São Paulo ou está de viagem marcada para a capital paulista e quer diversificar os locais para assistir aos jogos, o Museu do Futebol é uma ótima opção. O local vai transmitir todos os jogos e oferecer outras interações, como palestras e exposições para aumentar sua torcida.

Durante os primeiros jogos desta semana, o museu já recebeu a torcida de comunidades árabes para assistir aos jogos da Arábia Saudita e Marrocos. Quem também vibrou muito foram os uruguaios, que comemoraram a vitória em cima do Egito por um a zero.

A diretora de conteúdo do Museu do Futebol, Daniela Alfonsi, conta que o local abre as portas com programação especial pela terceira Copa seguida, recebendo mais atenção do público.

“O museu vai estar aberto para receber quem queira assistir ao jogo aqui. Está todo mundo celebrando o futebol e o museu vira um ponto de encontro, que é muito legal porque a gente sabe que Copa é um evento mundial, que todo mundo começa a prestar atenção em futebol, mesmo quem não fala de futebol no dia a dia, em Copa do Mundo isso vira o assunto.”

A torcida brasileira, é claro, não está de fora. O museu estará aberto neste domingo para que os torcedores possam acompanhar a estreia do Brasil na Copa do Mundo contra a Suíça.

Segundo a diretora, o museu recebe pessoas de todas as idades. Os pais e mães que querem ficar concentrados na partida não precisam se preocupar: há brincadeiras para as crianças, como ‘chute ao gol’ e celulares com conteúdo interativo sobre futebol.

Nas vésperas do terceiro jogo da seleção canarinho, que acontece no próximo dia 27 de junho, contra a Sérvia, o museu vai apresentar palestra sobre a primeira conquista brasileira em Copa do Mundo, em 1958.

“Ao longo do mês, a gente vai ter algumas palestras. Dia 26, por exemplo, véspera do jogo do Brasil, a gente vai ter aqui com a gente o escritor Rui Castro, que é um especialista em Garrincha, em Copa de 58, e ele vêm aqui falar com o público sobre o que foi essa primeira conquista do Brasil na Copa de 58.”

Outra atração do museu é sala dos “Anjos Barrocos”, que expõe 27 grandes jogadores brasileiros desde a primeira conquista do Mundial. A sala foi reinaugurada na quinta-feira para dar uma força para a seleção e entrar no clima de Copa.

“Essa sala abriu com alguns jogadores novos, que são parte da seleção brasileira de 2018, como Neymar, Gabriel Jesus, Paulinho. Então, é uma forma que a gente encontrou de colocar esses jogadores que estão com uma super responsabilidade agora da vitória pelo título, e a gente colocou esse jogadores lado a lado de grandes ídolos, como Zico, Pelé, Garrincha, Didi. Então fizemos um mix de passado e presente e uma forma de incentivo e o público entrar no espírito.”

Para assistir aos jogos no Museu do Futebol, que fica localizado no estádio do Pacaembu, é cobrado o valor de R$ 12 a inteira e R$ 6 a meia. A entrada é gratuita para deficientes, crianças de até sete anos, idosos e professores e excursões de escolas públicas que agendarem horário previamente. Nas terças-feiras, a entrada é gratuita para todo o público.

Reportagem, Juliana Gonçalves

#Copa2018

 

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se