Menu

Novo portal do Sisu pode gerar economia de R$ 25 milhões nos próximos cinco anos

Plataforma permite aos estudantes acessar se inscrever pelo computador, tablet e celular

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Agência Brasil

O novo portal do Sisu deve gerar uma economia de R$ 25 milhões aos cofres públicos nos próximos cinco anos. A informação foi confirmada pelo Ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entrevista à TV Brasil.
 
A plataforma permite aos estudantes acessar o Sisu pelo computador, tablet, celular e, assim, gerar um relatório diretamente da página. De acordo com Weintraub, a medida atende a uma demanda de inscrição e deve auxiliar o governo na realização da versão digital do Enem no futuro.
 
Os estudantes que fizeram a prova do Enem têm até às 23h59 deste domingo (26) para realizar as inscrições no Sisu. Nesta edição, há 237.128 vagas disponíveis em 128 instituições de ensino superior públicas em todo o país.
 
Reportagem, Tainá Ferreira
 

Tainá Ferreira

Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB), Tainá começou na Empresa Júnior Movimento e depois atuou na TV universitária UnBTV. Depois de um tempo entrou para a redação do jornal Correio Braziliense e, após a experiência, partiu para a assessoria de imprensa.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

LOC: O novo portal do Sisu deve gerar uma economia de R$ 25 milhões aos cofres públicos nos próximos cinco anos. A informação foi confirmada pelo Ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entrevista à TV Brasil.
 
A plataforma permite aos estudantes acessar o Sisu pelo computador, tablet, celular e, assim, gerar um relatório diretamente da página. De acordo com Weintraub, a medida atende a uma demanda de inscrição e deve auxiliar o governo na realização da versão digital do Enem no futuro.
 
Os estudantes que fizeram a prova do Enem têm até às 23h59 deste domingo (26) para realizar as inscrições no Sisu. Nesta edição, há 237.128 vagas disponíveis em 128 instituições de ensino superior públicas em todo o país.
 
Reportagem, Tainá Ferreira