Menu

Olimpíada de Tóquio é adiada para 2021

A decisão foi anunciada pelo Comitê Olímpico Internacional após reunião com autoridades japonesas

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Divulgação Twitter Olimpíadas Tóquio

As Olimpíadas e as Paralimpíadas de 2020, em Tóquio, foram adiadas para 2021 devido à pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada nesta terça-feira (24) pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em conjunto com as autoridades japonesas. Segundo o COI, a nova data para a disputa da competição será em “data posterior a 2020, mas o mais tardar no verão de 2021”.

De acordo com o comunicado publicado pelo COI, os representantes da entidade e as autoridades japonesas “concordaram que os Jogos Olímpicos de Tóquio poderiam ser um farol de esperança para o mundo durante esses tempos conturbados e que a chama olímpica poderia se tornar a luz no fim do túnel em que o mundo se encontra atualmente”. 

Foi acordado entre as partes que será mantido o nome de Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020.

Diversos países já haviam se posicionado sobre a realização da Olímpiada neste ano. O Canadá havia anunciado que caso a competição fosse mantida para esse ano, o país não iria enviar atletas ao Japão. A Noruega também informou que poderia seguir a medida. A Austrália, prevendo o adiamento da competição, pediu aos seus atletas para se prepararem para a Olimpíada de 2021. O Comitê Olímpico e Paralímpico dos Estados Unidos também havia apoiado o adiamento da Olimpíada.
 

Paulo Henrique

Formado em Jornalismo e com Pós-Graduação em Gestão da Comunicação nas Organizações, possui experiência em redações e assessorias, atuou como estagiário na Secretaria de Saúde do Distrito Federal, no Portal R7 e na ASCOM da Câmara dos Deputados. Depois de formado, foi Assessor de Comunicação do Instituto de Migrações e Direitos Humanos e atualmente é repórter na Agência do Rádio.


Cadastre-se

LOC.: As Olimpíadas e as Paralimpíadas de 2020, em Tóquio, foram adiadas para 2021 devido à pandemia do coronavírus. A decisão foi tomada nesta terça-feira (24) pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em conjunto com as autoridades japonesas. Segundo o COI, a nova data para a disputa da competição será em “data posterior a 2020, mas o mais tardar no verão de 2021”.

De acordo com o comunicado publicado pelo COI, os representantes da entidade e as autoridades japonesas “concordaram que os Jogos Olímpicos de Tóquio poderiam ser um farol de esperança para o mundo durante esses tempos conturbados e que a chama olímpica poderia se tornar a luz no fim do túnel em que o mundo se encontra atualmente”. 

Foi acordado entre as partes que será mantido o nome de Jogos Olímpicos e Paralímpicos Tóquio 2020.

Diversos países já haviam se posicionado sobre a realização da Olímpiada neste ano. O Canadá havia anunciado que caso a competição fosse mantida para esse ano, o país não iria enviar atletas ao Japão. A Noruega também informou que poderia seguir a medida. A Austrália, prevendo o adiamento da competição, pediu aos seus atletas para se prepararem para a Olimpíada de 2021. O Comitê Olímpico e Paralímpico dos Estados Unidos também havia apoiado o adiamento da Olimpíada.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes