Menu

Pagamentos de fevereiro do Bolsa Família vão até o dia 28

No total, quase 14 milhões de famílias brasileiras vão receber mais de 2 bilhões e 600 milhões de reais

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners

Os beneficiários do programa Bolsa Família já começaram a receber os pagamentos relativos a fevereiro e os repasses vão ficar disponíveis até o dia 28. No total, quase 14 milhões de famílias brasileiras vão receber mais de 2 bilhões e 600 milhões reais, o que representa um valor médio de R$ 187,56.

Somente neste mês, 184 mil novos benefícios foram concedidos. A ordem de pagamento do Bolsa Família é determinada de acordo com o Número de Inscrição Social, o NIS do beneficiário, impresso no cartão do programa.

Os que têm final 1 podem sacar no primeiro dia de pagamento. Já os com final 2, no segundo dia, e assim por diante.

Lembrando que o município de Brumadinho, em Minas Gerais, não vai seguir o cronograma habitual de pagamentos do Bolsa Família por conta da situação de calamidade pública, após o rompimento da barragem do Córrego do Feijão.

Sendo assim, todas as 1.521 famílias da cidade que recebem o auxílio já podem fazer o saque desde a última sexta-feira (15), independentemente do dígito final do NIS. Os repasses para os moradores do município totalizam R$ 273 mil.

De acordo com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, a ação serve para auxiliar as famílias mais carentes e movimentar o comércio local.

“É uma notícia importante porque é uma população que além da situação toda que envolveu, agora, esta tragédia humana, é a primeira população mais atingida pela queda da atividade econômica que ocorre em uma localidade tão afetada como Brumadinho. Nós queremos dizer que esta população, esta mais atingida, já está tendo um tratamento especial do governo”, afirmou.

Os beneficiários que perderam o cartão do programa ou os documentos vão poder fazer o saque por meio de uma guia de pagamento, que deve ser retirada com os gestores municipais do programa.

Outras informações podem ser obtidas nas Centrais de Relacionamento do Ministério da Cidadania, pelo número 0800-707-2003 e da Caixa Econômica Federal, que é o 0800-726-0101.
 

Cintia Moreira

Em uma de suas experiências profissionais ganhou um prêmio jornalístico e jura que não tem pautas de preferência. Sua única preferência é que tenham pautas.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

Os beneficiários do programa Bolsa Família já começaram a receber os pagamentos relativos a fevereiro e os repasses vão ficar disponíveis até o dia 28. No total, quase 14 milhões de famílias brasileiras vão receber mais de 2 bilhões e 600 milhões reais, o que representa um valor médio de R$ 187,56.

Somente neste mês, 184 mil novos benefícios foram concedidos. A ordem de pagamento do Bolsa Família é determinada de acordo com o Número de Inscrição Social, o NIS do beneficiário, impresso no cartão do programa.

Os que têm final 1 podem sacar no primeiro dia de pagamento. Já os com final 2, no segundo dia, e assim por diante.

Lembrando que o município de Brumadinho, em Minas Gerais, não vai seguir o cronograma habitual de pagamentos do Bolsa Família por conta da situação de calamidade pública, após o rompimento da barragem do Córrego do Feijão.

Sendo assim, todas as 1.521 famílias da cidade que recebem o auxílio já podem fazer o saque desde a última sexta-feira (15), independentemente do dígito final do NIS. Os repasses para os moradores do município totalizam R$ 273 mil.

De acordo com o ministro da Cidadania, Osmar Terra, a ação serve para auxiliar as famílias mais carentes e movimentar o comércio local.
 

“É uma notícia importante porque é uma população que além da situação toda que envolveu, agora, esta tragédia humana, é a primeira população mais atingida pela queda da atividade econômica que ocorre em uma localidade tão afetada como Brumadinho. Nós queremos dizer que esta população, esta mais atingida, já está tendo um tratamento especial do governo.”

Os beneficiários que perderam o cartão do programa ou os documentos vão poder fazer o saque por meio de uma guia de pagamento, que deve ser retirada com os gestores municipais do programa.

Outras informações podem ser obtidas nas Centrais de Relacionamento do Ministério da Cidadania, pelo número 0800-707-2003 e da Caixa Econômica Federal, que é o 0800-726-0101.

Reportagem, Cintia Moreira