Menu

PARÁ: Secretaria de Saúde vai distribuir 1,5 milhão de camisinhas durante carnaval

É tempo de carnaval. A festa, uma das mais populares do Brasil, é sinônimo de alegria e diversão, mas é preciso também de responsabilidade. É importante se prevenir do HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis, as IST, como a sífilis e o HPV.

Banners
Foto: Ministério da Saúde

 É tempo de carnaval. A festa, uma das mais populares do Brasil, é sinônimo de alegria e diversão, mas é preciso também de responsabilidade. É importante se prevenir do HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis, as IST, como a sífilis e o HPV. 

Somente no ano passado, segundo dados da Secretaria de Saúde do Pará, o estado registrou 1.808 casos de infecção pelo HIV. Por isso, a técnica e psicóloga da Coordenação Estadual de IST/Aids, Marília Leão Magalhães, lembra a população sobre a importância do uso da camisinha, método mais seguro para prevenção dessas infecções.

“A prevenção para as IST é de suma importância em qualquer época do ano. É importante o uso do preservativo. Ainda hoje o uso do preservativo é o método mais recomendado porque além de prevenir o HIV, ele também previne as outras IST.”

De acordo com o Ministério da Saúde, 73% dos novos casos de HIV no Brasil são registrados entre os homens. Nessa parcela da população, um quinto são jovens com idade entre 15 e 24 anos.

Por isso, fique atento! A Secretaria de Saúde do Pará já iniciou a distribuição de mais de um milhão e 500 mil unidades de preservativos masculinos. De acordo com as autoridades, as camisinhas podem ser retiradas em qualquer Unidade Básica de Saúde. Agentes de saúde também estarão a postos nos municípios com maior número de foliões, como Salinas, Barcarena, Bragança, Abaetetuba e Vigia.

Em caso de dúvidas, procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima. E neste carnaval, não se esqueça: Pare, pense e use camisinha. O importante é não se descuidar. Conheça todas as formas de prevenção em aids.gov.br. Ministério da Saúde. Governo Federal. Pátria Amada Brasil.
 


Comente...

Cadastre-se

LOC.: É tempo de carnaval. A festa, uma das mais populares do Brasil, é sinônimo de alegria e diversão, mas é preciso também de responsabilidade. É importante se prevenir do HIV e outras infecções sexualmente transmissíveis, as IST, como a sífilis e o HPV. 

Somente no ano passado, segundo dados da Secretaria de Saúde do Pará, o estado registrou 1.808 casos de infecção pelo HIV. Por isso, a técnica e psicóloga da Coordenação Estadual de IST/Aids, Marília Leão Magalhães, lembra a população sobre a importância do uso da camisinha, método mais seguro para prevenção dessas infecções.
 

TEC./SONORA: Marília Leão Magalhães, técnica e psicóloga da Coordenação Estadual de IST/Aids da Secretaria de Saúde do Pará

“A prevenção para as IST é de suma importância em qualquer época do ano. É importante o uso do preservativo. Ainda hoje o uso do preservativo é o método mais recomendado porque além de prevenir o HIV, ele também previne as outras IST.”
 

LOC.: De acordo com o Ministério da Saúde, 73% dos novos casos de HIV no Brasil são registrados entre os homens. Nessa parcela da população, um quinto são jovens com idade entre 15 e 24 anos.

Por isso, fique atento! A Secretaria de Saúde do Pará já iniciou a distribuição de mais de um milhão e 500 mil unidades de preservativos masculinos. De acordo com as autoridades, as camisinhas podem ser retiradas em qualquer Unidade Básica de Saúde. Agentes de saúde também estarão a postos nos municípios com maior número de foliões, como Salinas, Barcarena, Bragança, Abaetetuba e Vigia.

Em caso de dúvidas, procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima. E neste carnaval, não se esqueça: Pare, pense e use camisinha. O importante é não se descuidar. Conheça todas as formas de prevenção em aids.gov.br. Ministério da Saúde. Governo Federal. Pátria Amada Brasil.