Menu

ESPECIAL SAÚDE DA MULHER: Existem vacinas para cada faixa etária

Existe um ditado popular que é assim: “Melhor prevenir do que remediar”! E ele se aplica perfeitamente à vacinação.

Banners

E ele se aplica perfeitamente à vacinação. Muitas doenças comuns no Brasil e no mundo deixaram de ser um problema de saúde pública por causa da vacinação correta. E, nesse caso, as mulheres precisam ficar atentas ao calendário de vacinação para se proteger, como explica a coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Ana Goretti.  

“Tomar vacina, mulheres, é a melhor maneira de se proteger de uma variedade doenças graves e, principalmente, das suas complicações que podem levar à internação e a morte. Atualmente o Ministério da Saúde disponibiliza vacina para todas as idades das mulheres, a começar das nossas crianças com vacinas importantíssimas como aquela que se dá no dia que a criança nasce. Depois quando essa criança cresce, ela vai ter uma série de vacinas destinadas às nossas adolescentes meninas”.

Em relação à faixa etária, é preciso compreender que não são apenas as crianças e adolescentes que têm de tomar algum tipo de vacina. É o que afirma a coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Ana Goretti.  

“E para a adulta também! Geralmente a mulher acha que vacina é coisa dos seus filhos, que não é importante para ela, mas é importante sim tá! Mulher adulta tem que estar com a sua caderneta de vacinação em dia e, principalmente, para cuidar da sua saúde ela tem que estar com seu calendário de vacinação em dia. E ao envelhecer, a gente espera que essas mulheres já cheguem à idade avançada com seu calendário e dia”.

Todas as mulheres em qualquer idade têm recomendação de se vacinarem contra doenças específicas. Algumas dessas doenças só podem ser evitadas por meio da vacinação. Para saber mais acesse saúde.gov.br/vacinação.

 

Janary Bastos Damacena



Cadastre-se

Existe um ditado popular que é assim: “Melhor prevenir do que remediar”! E ele se aplica perfeitamente à vacinação. Muitas doenças comuns no Brasil e no mundo deixaram de ser um problema de saúde pública por causa da vacinação correta. E, nesse caso, as mulheres precisam ficar atentas ao calendário de vacinação para se proteger, como explica a coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Ana Goretti.  

 

“Tomar vacina, mulheres, é a melhor maneira de se proteger de uma variedade doenças graves e, principalmente, das suas complicações que podem levar à internação e a morte. Atualmente o Ministério da Saúde disponibiliza vacina para todas as idades das mulheres, a começar das nossas crianças com vacinas importantíssimas como aquela que se dá no dia que a criança nasce. Depois quando essa criança cresce, ela vai ter uma série de vacinas destinadas às nossas adolescentes meninas”.

Em relação à faixa etária, é preciso compreender que não são apenas as crianças e adolescentes que têm de tomar algum tipo de vacina. É o que afirma a coordenadora substituta do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Ana Goretti.  

“E para a adulta também! Geralmente a mulher acha que vacina é coisa dos seus filhos, que não é importante para ela, mas é importante sim tá! Mulher adulta tem que estar com a sua caderneta de vacinação em dia e, principalmente, para cuidar da sua saúde ela tem que estar com seu calendário de vacinação em dia. E ao envelhecer, a gente espera que essas mulheres já cheguem à idade avançada com seu calendário e dia”.

Todas as mulheres em qualquer idade têm recomendação de se vacinarem contra doenças específicas. Algumas dessas doenças só podem ser evitadas por meio da vacinação. Para saber mais acesse saúde.gov.br/vacinação.