Menu

PERNAMBUCO: SESI e SENAI capacitaram mais de 30 mil jovens e adultos em 2018

Por meio das instituições, Matheus Antônio descobriu a paixão pelo curso de contabilidade

Banners

O SESI e SENAI de Pernambuco têm investido cada vez mais na formação da população que vive no estado. Só em 2018, as duas instituições capacitaram 30.804 pessoas desde a educação continuada até a profissionalizante.

MAIS: Acesse esta matéria na versão para blogs e sites

De acordo com a Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (FIEPE), em 2018, foram matriculados no SESI 5.531 alunos, desde o ensino fundamental até a educação de Jovens e Adultos, um aumento de 5% em relação a 2017. Na educação continuada – que engloba palestras, seminários e oficinas – foram capacitadas 8.300 pessoas. Os cursos profissionalizantes oferecidos pelo SENAI formaram 22.504 estudantes.

Entre esses alunos destaca-se Matheus Antônio Carvalho do Nascimento, de 19 anos. Morador da cidade de Paulista (PE), ele teve a oportunidade de estudar tanto no SESI quanto no SENAI. A relação com as instituições começou no fim de 2013, quando amigos e vizinhos sugeriram que tentasse o processo seletivo para fazer o ensino médio no SESI. O resultado foi positivo e a partir de 2014 iniciou os estudos.

O jovem aproveitou todas as oportunidades que apareceram e em 2015 começou a fazer curso técnico em administração no SENAI, na qual aprendeu sobre marketing, contabilidade, segurança no trabalho, entre outros. Para ele, essa oportunidade permitiu que descobrisse a paixão pela contabilidade, curso que estuda atualmente na Faculdade de Ciências Humanas de Olinda (PE).

“Já estou concluindo o ensino superior e foi através deles que descobri minha paixão pela contabilidade. No passado, eu não esperava estar onde cheguei e graças ao SESI, através do estágio que eu consegui na empresa Arca, os ensinamentos que tive e com o aprendizado e capacitação do SESI que cheguei aqui”.

A busca pela capacitação fez com que concluísse o ensino médio no ano de 2016 preparado para o mercado de trabalho. Depois de iniciar o ensino superior conseguiu uma oportunidade na empresa Arca Promotora de Vendas como estagiário e graças ao seu desempenho foi contratado pouco tempo depois. Atualmente, exerce o cargo de supervisor de call center.

Atualmente, o SENAI (PE) está com 40. 882 alunos matriculados em diferentes cursos. Em 2019, a previsão é que mais de 43 mil alunos sejam beneficiados. No SESI (PE), 6.448 vagas foram disponibilizadas de acordo com a FIEPE.

Mesmo com um histórico de sucesso, é possível que essa realidade mude caso o novo governo corte verbas para as instituições do chamado Sistema S – que inclui SESI e SENAI. O argumento é que a organização deve se ajustar aos cortes de custos do novo governo.

Para o presidente da FIEPE, Ricardo Essinger, as duas instituições são fundamentais na preparação de mão-de-obra e conhecimento para a população pernambucana e um possível corte afetaria a execução dos trabalhos.

“Aqui na nossa região, em Pernambuco, se tiver uma redução de orçamento teremos que ver como vamos fazer a redução de atividades infelizmente, porque o nosso orçamento está extremamente ajustado. Nós estamos em crescimento de produtividade”.

Caso os cortes de investimentos aconteçam, a redução pode variar de 30% a 50% do investimento que é passado anualmente para o Sistema S.

Reportagem, Tainá Ferreira

Agência do Rádio



Conteúdos relacionados

Cadastre-se