Menu

Prazo para saque imediato do FGTS acaba nesta terça-feira (31)

Trabalhador pode sacar até R$ 998. O que não for retirado volta para a conta do FGTS do trabalhador

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Agência Brasil

Amanhã, terça-feira (31) é o último dia para que o trabalhador faça o saque imediato de até R$ 998 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esse repasse vem sendo feito desde setembro do ano passado pela Caixa Econômica Federal, com base em um cronograma dividido por mês de nascimento do trabalhador. R$ 40 bilhões já foram distribuídos. A intenção do governo é que esse dinheiro ajude a movimentar a economia.

Trabalhadores que têm uma conta com o saldo superior a R$ 998 em 24 de julho do ano passado podem sacar até R$ 500 do FGTS. Quem tem contas com até R$ 998 pode sacar até esse valor. Cada conta, ativa ou inativa, dá direito a um saque. 

Os saques podem ser feitos nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento da Caixa, caso o beneficiário tenha a senha do Cartão Cidadão. Mas, por conta da pandemia do coronavírus, a Caixa orienta que o resgate seja feito por meio do aplicativo FGTS. Ele está disponível para tablets e smartphones e, por lá, é possível solicitar gratuitamente a transferência do dinheiro para contas em outros bancos, desde que elas estejam no nome do beneficiário. A partir de quarta-feira (1º), os valores que não forem sacados vão voltar às contas originais.

Daniel Marques

Jornalista brasiliense formado pela Universidade de Brasília (UnB), com passagens em redações da capital. Trabalhou como repórter no Correio Braziliense e Rádio CBN, além de agências de comunicação. Atualmente, integra a redação do Brasil 61 com pautas de saúde e política.


Cadastre-se

LOC.: Amanhã, terça-feira (31) é o último dia para que o trabalhador faça o saque imediato de até R$ 998 do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esse repasse vem sendo feito desde setembro do ano passado pela Caixa Econômica Federal, com base em um cronograma dividido por mês de nascimento do trabalhador. R$ 40 bilhões já foram distribuídos. A intenção do governo é que esse dinheiro ajude a movimentar a economia.

Trabalhadores que têm uma conta com o saldo superior a R$ 998 em 24 de julho do ano passado podem sacar até R$ 500 do FGTS. Quem tem contas com até R$ 998 pode sacar até esse valor. Cada conta, ativa ou inativa, dá direito a um saque. 

Os saques podem ser feitos nas casas lotéricas e nos terminais de autoatendimento da Caixa, caso o beneficiário tenha a senha do Cartão Cidadão. Mas, por conta da pandemia do coronavírus, a Caixa orienta que o resgate seja feito por meio do aplicativo FGTS. Ele está disponível para tablets e smartphones e, por lá, é possível solicitar gratuitamente a transferência do dinheiro para contas em outros bancos, desde que elas estejam no nome do beneficiário. A partir de quarta-feira (1º), os valores que não forem sacados vão voltar às contas originais.