Menu

Prefeitura do Rio fecha CT do Flamengo

Para evitar que seja reaberto, como ocorreu em 2017 após primeira determinação de interdição, o local foi cercado pela Guarda Municipal

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners

A Prefeitura do Rio de Janeiro fechou o Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, em Vargem Grande, na Zona Oeste da cidade. Para evitar que o local seja reaberto, como ocorreu em 2017 após primeira determinação de interdição, a Guarda Municipal cercou o CT.

No dia 15 de fevereiro, a prefeitura já havia determinado que o Ninho do Urubu fosse interditado, cumprindo ordem dada há dois anos, mas o Flamengo não acatou. 

O texto que determina a interdição do Centro de Treinamento destaca que o Flamengo não tem o alvará de licença, e que será cobrada multa de pouco mais de R$ 800 por dia caso o clube reabra o Ninho.

No dia 8 de fevereiro, um incêndio no alojamento de jogadores das categorias de base do clube deixou 10 pessoas mortas. O mais velho das vítimas tinha 16 anos.


 

Cintia Moreira

Com 3 anos de formação, Cintia sempre optou pelo radiojornalismo. Em uma de suas experiências profissionais ganhou um prêmio jornalístico e jura que não tem pautas de preferência. Sua única preferência é que tenham pautas.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

A Prefeitura do Rio de Janeiro fechou o Centro de Treinamento (CT) do Flamengo, em Vargem Grande, na Zona Oeste da cidade. Para evitar que o local seja reaberto, como ocorreu em 2017 após primeira determinação de interdição, a Guarda Municipal cercou o CT.

No dia 15 de fevereiro, a prefeitura já havia determinado que o Ninho do Urubu fosse interditado, cumprindo ordem dada há dois anos, mas o Flamengo não acatou. 

O texto que determina a interdição do Centro de Treinamento destaca que o Flamengo não tem o alvará de licença, e que será cobrada multa de pouco mais de R$ 800 por dia caso o clube reabra o Ninho.

No dia 8 de fevereiro, um incêndio no alojamento de jogadores das categorias de base do clube deixou 10 pessoas mortas. O mais velho das vítimas tinha 16 anos.

Com colaboração de Thiago Marcolini. Reportagem, Cintia Moreira