Menu

Produção de petróleo cai 6,4% entre maio e junho, indica ANP

Gás natural também teve queda na produção de 5,8%, no período

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Foto: Petrobras

O Brasil alcançou o volume de 2 milhões e 500 mil barris de petróleo por dia (bbl/d), o que significa uma redução de 6,4% na produção entre os meses de maio e junho. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (2) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a ANP.

Alvo do governo para quebrar o monopólio da Petrobras e reduzir o preço no país, o gás natural teve produção de 111 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) em junho, uma queda de 5,8% em relação a maio.

Segundo a ANP, o motivo da redução na produção dos combustíveis foram as obras no navio-plataforma Cidade de Mangaratiba, que opera no pré-sal da bacia de Santos (SP). A embarcação tem processamento diário de até 150 mil barris de petróleo e 8 milhões de metros cúbicos de gás, além de capacidade de armazenamento de 1 milhão e 600 mil barris de petróleo.

 

Cintia Moreira

Com 3 anos de formação, Cintia sempre optou pelo radiojornalismo. Em uma de suas experiências profissionais ganhou um prêmio jornalístico e jura que não tem pautas de preferência. Sua única preferência é que tenham pautas.


Conteúdos relacionados

Cadastre-se

O Brasil alcançou o volume de 2 milhões e 500 mil barris de petróleo por dia (bbl/d), o que significa uma redução de 6,4% na produção entre os meses de maio e junho. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (2) pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, a ANP.

Alvo do governo para quebrar o monopólio da Petrobras e reduzir o preço no país, o gás natural teve produção de 111 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d) em junho, uma queda de 5,8% em relação a maio.

Segundo a ANP, o motivo da redução na produção dos combustíveis foram as obras no navio-plataforma Cidade de Mangaratiba, que opera no pré-sal da bacia de Santos (SP). A embarcação tem processamento diário de até 150 mil barris de petróleo e 8 milhões de metros cúbicos de gás, além de capacidade de armazenamento de 1 milhão e 600 mil barris de petróleo.

Reportagem, Cintia Moreira