Menu

Produção industrial cai 0,8% em janeiro e resultado é o pior do setor nos últimos quatro meses

De acordo com o IBGE, 13 dos 26 ramos pesquisados tiveram quedas na produção em janeiro, na comparação com dezembro

  • Repórter Paulo Henrique
  • Data de publicação: 13 de Março de 2019, 16:54h
Banners
Foto: Agência Brasil

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, divulgou nesta quinta-feira (13) que a produção industrial brasileira registrou queda de 0,8% em janeiro, na comparação com dezembro. O índice representa uma queda na indústria, que na comparação entre dezembro e novembro do ano passado, ficou em 0,2%.

Esse é o pior resultado em desde novembro de 2018, que apresentou redução de 0,1%. Na comparação com janeiro de 2018, foi registrada redução foi de 2,6%. Esse é a pior taxa para o mês desde 2016.

Segundo o gerente da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE, André Macedo, 13 dos 26 ramos pesquisados tiveram quedas na produção em janeiro, na comparação com dezembro, com destaque para produtos farmoquímicos e farmacêuticos, outros equipamentos de transporte e artigos para viagem e calçados.

“A produção industrial mostra uma perda 0,8% na passagem de dezembro de 2018 para a primeira informação de 2019. Lembrando que esse resultado precedido de um ligeiro avanço na produção em dezembro, de 0,2%. Portanto, a gente tem um saldo negativo nesses últimos meses para a produção industrial. O que chama mais a atenção no mês de dezembro é o fato desse perfil de queda ter se mostrado de forma mais espalhada”, explica. 

Entre os destaques positivos do mês, as principais altas foram registradas na produção de bebidas, produtos têxteis e produtos eletrônicos e ópticos.

O PIB da indústria no país avançou 0,6% em 2018, após 4 anos de retração. Segundo o Banco Central, a expectativa é de uma alta de 2,8% na produção industrial neste ano e crescimento de 2,28% do PIB em 2019.


Comente...

Cadastre-se

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, divulgou nesta quinta-feira (13) que a produção industrial brasileira registrou queda de 0,8% em janeiro, na comparação com dezembro. O índice representa uma queda na indústria, que na comparação entre dezembro e novembro do ano passado, ficou em 0,2%.

Esse é o pior resultado em desde novembro de 2018, que apresentou redução de 0,1%. Na comparação com janeiro de 2018, foi registrada redução foi de 2,6%. Esse é a pior taxa para o mês desde 2016.

Segundo o gerente da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE, André Macedo, 13 dos 26 ramos pesquisados tiveram quedas na produção em janeiro, na comparação com dezembro, com destaque para produtos farmoquímicos e farmacêuticos, outros equipamentos de transporte e artigos para viagem e calçados.

“A produção industrial mostra uma perda 0,8% na passagem de dezembro de 2018 para a primeira informação de 2019. Lembrando que esse resultado precedido de um ligeiro avanço na produção em dezembro, de 0,2%. Portanto, a gente tem um saldo negativo nesses últimos meses para a produção industrial. O que chama mais a atenção no mês de dezembro é o fato desse perfil de queda ter se mostrado de forma mais espalhada”.

Entre os destaques positivos do mês, as principais altas foram registradas na produção de bebidas, produtos têxteis e produtos eletrônicos e ópticos.

O PIB da indústria no país avançou 0,6% em 2018, após 4 anos de retração. Segundo o Banco Central, a expectativa é de uma alta de 2,8% na produção industrial neste ano e crescimento de 2,28% do PIB em 2019.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes