Menu

Quenianos dominam e vencem São Silvestre

Brasileiros ficaram de fora do pódio na 95ª edição da competição

  • Repórter
  • Data de publicação:
Banners
Créditos: Amanda Perobelli - Agência Brasil

Com uma ultrapassagem nos metros finais, o queniano Kibiwott Kandie se tornou campeão da São Silvestre de 2019. Ele passou o ugandense Jacob Kiplimo, que estava na primeira posição. Kibiwott terminou o circuito com 42 minutos e 59 segundos.Titus Ekiru, do Quênia, ficou com a terceira posição do masculino.

Na categoria feminina, Brigid Kosgei, do Quênia, garantiu a primeira posição confirmando o favoritismo. Sheila Shelangat, do Quênia, ficou com o segundo lugar seguida de Tisadk Nigus.

Esta foi a 95ª edição da corrida que acontece nas ruas de São Paulo. Aproximadamente 35 mil inscritos participaram da corrida que acontece anualmente.

Raphael Costa

O repórter Raphael Costa formou-se em 2015 no Centro Universitário de Brasília (CEUB), mas deu início à sua carreira anteriormente. Originalmente paulista, começou em um programa de Rádio e TV local, até se mudar para Brasília. Com cerca de três anos de casa, é a voz que noticia esportes, agricultura e economia.


Cadastre-se

Com uma ultrapassagem nos metros finais, o queniano Kibiwott Kandie se tornou campeão da São Silvestre de 2019. Ele passou o ugandense Jacob Kiplimo, que estava na primeira posição. Kibiwott terminou o circuito com 42 minutos e 59 segundos.Titus Ekiru, do Quênia, ficou com a terceira posição do masculino.

Na categoria feminina, Brigid Kosgei, do Quênia, garantiu a primeira posição confirmando o favoritismo. Sheila Shelangat, do Quênia, ficou com o segundo lugar seguida de Tisadk Nigus.

Esta foi a 95ª edição da corrida que acontece nas ruas de São Paulo. Aproximadamente 35 mil inscritos participaram da corrida que acontece anualmente.

Reportagem, Raphael Costa