Menu

Restituição do Imposto de Renda 2020 será paga mais cedo. Entenda.

A previsão da Receita é começar restituir contribuintes a partir de maio.

Banners
Imagem: bancarioscascavel.org.br

A Receita Federal divulgou as regras para a declaração do Imposto de Renda 2020. As restituições serão pagas em menos tempo, de acordo com o órgão, e em menos lotes.  Em 2019, foram 7 lotes e esse ano serão apenas 5. A estimativa inicial é que sejam entregues cerca de 32 milhões de declarações este ano, entre os dias 2 de março e 30 de abril.

Em 2019, a restituição foi distribuída em sete lotes, sendo que o último foi pago em dezembro. Este ano serão cinco lotes, pagos no fim dos meses de maio (29), junho (30), julho (31), agosto (31) e setembro (30). Quem atrasar a entrega da declaração ao Fisco vai pagar multa de 1% sobre o valor declarado. Os lotes de restituição serão formados pela ordem de entrega das declarações. 

Reportagem, Rafael Montenegro.
 

Agência do Rádio



Cadastre-se

LOC: A Receita Federal divulgou as regras para a declaração do Imposto de Renda 2020. As restituições serão pagas em menos tempo, de acordo com o órgão, e em menos lotes.  Em 2019, foram 7 lotes e esse ano serão apenas 5. A estimativa inicial é que sejam entregues cerca de 32 milhões de declarações este ano, entre os dias 2 de março e 30 de abril.

Em 2019, a restituição foi distribuída em sete lotes, sendo que o último foi pago em dezembro. Este ano serão cinco lotes, pagos no fim dos meses de maio (29), junho (30), julho (31), agosto (31) e setembro (30). Quem atrasar a entrega da declaração ao Fisco vai pagar multa de 1% sobre o valor declarado. Os lotes de restituição serão formados pela ordem de entrega das declarações. 

Reportagem, Rafael Montenegro.